Ell Branco: A evolução da mulher moderna e os seus dilemas

A mulher moderna quebrou o espelho que trazia o reflexo de características culturais que a objetificava e tomou as rédeas da própria vida

Por Ell Branco*

OPINA23MAR
OPINA23MAR -
Historicamente a força da cultura sempre estereotipou o ser mulher baseando-se em relatos do homem sobre a tal. Podemos observar isso nas grandes obras de arte, que no decorrer dos séculos marcavam a posição da mulher na sociedade através de suas características corporais, sua fertilidade, ou seus conhecimentos domésticos.

Anos se passaram e atualmente as proporções se tornaram menores, pois diversas conquistas e mudanças aconteceram desde então. A mulher moderna quebrou o espelho que trazia o reflexo de características culturais que a objetificava e tomou as rédeas da própria vida.

"A mulher já não mostra tanta fragilidade como antes", posso afirmar. Talvez pelo fato de a cada dia terem mais tarefas e funções a desempenhar. Maternidade, estudos, casa, carreira, saúde, são tantas coisas que às vezes não se sabe mais o que priorizar. E é onde que mora o problema. Trabalhando com empresárias, empreendedoras e mulheres em transição de carreira, percebi que as queixas mais frequentes são:

- Exaustão física e emocional, por pensar em resolver tudo, para todos.
- Não ter tempo para si
- Autocobrança por querer atingir a perfeição nas tarefas e orquestrar tudo de uma forma harmônica
- Não saber/conseguir dizer não.
Se você se encaixa em algum dos itens citados, segue abaixo algumas dicas de Gestão do Tempo, para "desbagunçar" um pouco sua rotina.

1) PLANEJE-SE: todos os dias antes de dormir, liste todas as tarefas que você precisará fazer no dia seguinte, dividindo-as em:
Urgente e importante: são as cinco primeiras que você fará no dia.
Urgente mas não importante: delegue
Importante mas não urgente: programe
E o que não for importante e nem urgente: elimine deste dia! Programe para o próximo.

2) RESPEITE-SE: nós estamos o tempo todo tentando ser a mulher maravilha, mas deixa eu te contar um segredo: eu não sou a mulher maravilha, você não é, e nem a mãe do amiguinho do seu filho que "parece" dar conta de tudo, é. Desligue por um dia se precisar para repor as energias ou cuidar de si, delegue tarefas, e sabe o que vai acontecer? O mundo ainda estará inteiro quando você voltar.

3) SEJA POSITIVA: aprenda que tudo pode ficar bem. Pesquisas mostram que pessoas positivas (ou com cérebro positivo) são 31% mais produtivas do que pessoas negativas.

4) DIGA NÃO: quer ter ombros mais leves? Pare de carregar o que é pesado para você.

5) SEJA O SEU PRONTO DE CONTROLE: perfeccionismo é quando você coloca o grau de exigência no outro, e fica se perguntando o que vão pensar sobre mim? Seja sincera com você mesma, e estabeleça seus critérios. Afinal, ninguém conhece sua história ou paga suas contas, certo?

No início pode parecer complicado, mas acredite, essas dicas podem fazer uma grande diferença em sua vida, afirma e executiva de negócios.
*Ell Branco é estrategista em carreira e negócios

Galeria de Fotos

OPINA23MAR ARTE O DIA
Ell Branco Divulgação

Comentários