Escolas municipais aumentam médias

Acertos nas provas de português e matemática aplicadas em 2015 em alunos de 3º e 7º ano cresceu 12%

Por gabriela.mattos

Rio - Alunos do ensino fundamental da rede municipal do Rio vêm tendo melhores desempenhos com o passar dos anos. Foi o que mostraram os dados do Índice de Desenvolvimento da Educação (Iderio) divulgados nesta sexta-feira pela Secretaria Municipal de Educação. A média de acertos nas provas de português e matemática aplicadas em 2015 em alunos de 3º e 7º ano cresceu 12% em relação a 2014. De 681 escolas, 554 apresentaram evolução, o que representa 83% da rede.

Para a Secretaria Municipal de Educação, o resultado mostra que os métodos adotados estão no caminho certo. “Houve um crescimento substancial que pode ser atribuído a diversas medidas como a extensão do horário integral e a organização das escolas por faixa etária”, destacou a secretária de Educação, Helena Bomeny.

Cerca de 100 mil estudantes de 974 escolas participaram das avaliações no fim do ano passado. Na avaliação dos anos iniciais, que vai do 1º ao 5º ano, a média foi de 6,08, e nos anos finais, do 6º ao 9º ano, ficou em 6,66.

A Escola Rodrigues Alves, que fica na Barra da Tijuca, foi a que mais pontuou. Os alunos conseguiram ficar com a média de 9,1. Diretora-adjunta da unidade, Kathleeng Braga afirma que o resultado obtido é fruto do esforço de todos que atuam no colégio. “A gente trabalha com aulas bem dinâmicas para despertar o interesse dos jovens e incentivar o estudo”, disse.

O Ciep Carlos Drummond de Andrade, que fica na Praça Seca, Zona Oeste do Rio, foi a unidade que mais evoluiu de 2014 para 2015. A média 5,0 representou um avanço de 61,3%.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia