Guardas municipais expulsam motorhomes do Leme

Após ‘invasão’ na Copa de 2014, agentes impedem veículos de estacionar na orla

Por gabriela.mattos

Rio - Para evitar uma nova ‘invasão’ de motorhomes nas praias de Copacabana e Leme, como a que ocorreu na Copa do Mundo em 2014, guardas municipais já começaram a reprimir turistas que chegam com suas casas sobre rodas ao local.

A família do argentino Alesio Pizzolon chegou no domingo e, estacionada na Avenida Atlântica, no Leme, foi repreendida nesta segunda-feira. Os agentes avisaram que o veículo não poderia estacionar ali, mas, após muita discussão, deram o prazo até esta terça-feira pela manhã para que a família, de dez pessoas, que veio em dois veículos da Argentina, deixasse o local.

A família estacionou os dois motorhomes na Avenida AtlânticaSandro Vox / Agência O Dia

Segundo a Riotur, a área destinado aos motorhomes na Olimpíada ficará bem longe da orla carioca: em Niterói, na Avenida Plínio Leite. Alesio reclama da falta de informação: “ Fomos para Niterói e não tinha lugar pra ficar. Não nos deram informação alguma. Amanhã (nesta terça-feira) vamos ver para onde ir. Nos falaram de um camping no Recreio”, disse.

Reportagem da estagiária Daniele Bacelar

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia