Tribunal de Justiça suspende prazos processuais nesta terça-feira

Grupo hacker afirma ter derrubado o site do TJ, que alega ter havido problemas nos bancos de dados do sistema

Por marlos.mendes

Anonymous reivindica ter derrubado site do TJReprodução Internet

Rio - O Tribunal de Justiça do Estado do Rio suspendeu os prazos processuais em todo o estado nesta terça-feira por causa de um problema que afetou o sistema da instituição. Nenhuma petição ou consulta pode ser feita pelo portal do TJ. Por meio de nota, o tribunal informou que um "problema no banco de dados do portal" deixou o site inacessível a partir das 12h23, e que o sistema voltou ao normal no fim da tarde.

Que o site ficou fora do ar ninguém discute. O motivo, contudo, é controverso. O grupo de hackers Anonymous Brasil reivindicou nas redes sociais ter provocado a queda do site do TJ. Segundo especialistas em segurança da informação, o ataque teria sido do tipo negação de serviço (DDos), que consiste em usar vários computadores espalhados pela Internet para acessar ao mesmo tempo um determinado site, com o objetivo de sobrecarregá-lo e tirá-lo do ar.

No perfil do Twitter Anonymous Brasil, o post dizia "Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro off em protesto ao bloqueio do WhatsApp", assinado "Com amor, O Povo". No fim da tarde, o Superior Tribunal Federal cassou a decisão que bloqueava o acesso ao WhatsApp. O sistema ficou fora do ar por cerca de 3 horas. Para todos que precisaram de acesso à Justiça no Rio, o prejuízo foi de um dia inteiro.




LEIA MAIS
STF suspende decisão da Justiça do Rio que bloqueou WhatsApp

'O WhatsApp trata o Brasil como uma republiqueta', diz juíza

Justiça do Rio manda bloquear WhatsApp por 72 horas no Brasil

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia