Bom humor carioca com a prisão de Cabral em toda parte

Reações incluíram bolo, memes, cartazes, vídeos, pajelança, vaias e aplausos

Por thiago.antunes

Rio -Bolo em frente à Alerj, memes divertidos durante todo o dia nas redes sociais, pajelança de índios da Aldeia Maracanã, comentários nas ruas, manifestação artística ironizando o episódio dos guardanapos... Criatividade não faltou para os cariocas que reagiram de forma bem humorada à prisão do ex-governador do Rio, Sérgio Cabral.

Homem ergueu cartaz em frente ao prédio da PF%3A ‘Chupa essa%2C Cabral’Luiz Ackermann / Agência O Dia

O prédio da Polícia Federal (PF), na Praça Mauá, no Centro, se tornou palco para manifestações de todas as tribos. Representantes dos índios removidos da Aldeia Maracanã em 2013, durante o governo Cabral, marcaram presença e comemoravam a prisão. “Fizemos rituais no dia em que fomos expulsos para que isso (prisão) acontecesse e que os espíritos fizessem justiça”, disse Michael Oliveira, 42, ou Baré Maué, como é conhecido entre os seus.

O episódio de Paris, em 2012, onde o ex-governador apareceu confraternizando junto a amigos, foi ironizado por militares do Corpo de Bombeiros, que acompanharam Cabral durante toda a quinta-feira.

Pedestres acompanharam comboio de passarela na Avenida BrasilDivulgação

Eles acompanharam o político da sede da PF ao presídio Bangu 8, para conferir a entrada de Cabral na prisão. “Hoje estamos vendo a contrapartida da justiça, que nos levou para Bangu há três anos a mando do Cabral e hoje leva ele para o mesmo lugar”, desabafa um bombeiro, que não se identificou.

A atriz Luana Piovani, ao saber da prisão, também entrou na onda do guardanapo e publicou vídeo ao vivo em sua página no Facebook. Ela aparece, entre amigos e um de seus filhos, durante o café da manhã.

“Viu Cabral, ‘tá’ achando que a gente é otário? Foi preso em casa!”, e completa dizendo que “é isso que renova as esperanças nesse Brasil.”

Luana Pionavi fez vídeo com a família usando guardanapos na cabeçaReprodução

Além de manifestantes, a passagem do ex-governador pela sede da PF, no Centro, atraiu a atenção de quem passeava pelo Boulevard. Um casal de Brasília, Distrito Federal (DF), fez questão de parar em frente ao prédio e registrar o momento. “Ele (Cabral) é apenas a ponta de um ‘iceberg’ dentro do contexto em que foi preso, acho até que isso pode acabar em pizza, mas é muito importante que a justiça seja feita. Isso traz esperanças ao povo”, comentou a turista que não quis se identificar.

‘Acordado pela Federal'

Já em frente à Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), onde na quarta-feira houve tumulto e correria, ontem o cenário era de comemoração com direito a bolos. Manifestantes ligados ao Movimento Unificado dos Servidores Públicos Estaduais-RJ (Muspe) se reuniram para festejar a prisão.

Nas redes, o festival de memes também fez sucesso. Frases como: “Se ‘tá’ difícil pra mim, que tive que acordar cedo... imagina pro Cabral que foi acordado pela Federal”, foram reproduzidas durante o dia.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia