Polícia Civil fica sem serviço de TI

De acordo com delegado, medida foi adotada devido ao cenário econômico

Por O Dia

Rio - A Polícia Civil informou, na tarde desta sexta-feira, que a partir de amanhã ficará sem o serviço do departamento de Tecnologia da Informação (TI). De acordo com o delegado André Drumond, a medida foi adotada devido ao cenário econômico e ao término do contrato de terceirizados. Algumas medidas deverão ser adotadas para dar continuidade para prestação de serviço. Desde 1999, com a criação da Delegacia Legal, o sistema da polícia é informatizado.

Segundo André, havia um risco manter a estrutura em funcionamento sem o monitoramento de equipe de especializada. Por isso, a medida foi escolhida, para preservar a integridade dos dados armazenados, além de manter a segurança do sistema de possível ataque cibernático.

De acordo com a Polícia Civil, um plano de solução deverá ser apresentado em breve para garantir o retorno das atividades. O delegado ainda informou que o sistema de dados ficará preservado e inacessível.


Últimas de Rio De Janeiro