Mais Lidas

Polícia cumpre mandados contra milicianos que atuavam na Baixada Fluminense

Dezoito pessoas foram presas; quatro eram PMs

Por karilayn.areias

Rio - Dezoito pessoas foram presas, entre elas quatro PMs, durante uma operação contra milicianos que atuam em Nova Iguaçu e Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Além disso, anotações, armas, veículos, botijões de gás, R$ 18,9 mil em espécie, carregadores, seis celulares, maconha e cadernos de anotação foram apreendidos. A ação, que aconteceu na manhã desta terça-feira, tinha o objetivo de cumprir 27 mandados de prisão e 50 de busca e apreeensão.  

Polícia apreendeu dinheiro%2C coletes%2C armas e munições nesta terça-feiraDivulgação

De acordo com a Polícia Civil, a ação surgiu após investigações da 58ª DP (Nova Iguaçu). A partir da prisão de um dos suspeitos, os agentes identificaram os outros criminosos envolvidos em atividades de milícia, como em assassinatos e extorsões nas cobranças de taxas de gás, água e transporte alternativo. 

Ainda de acordo com a polícia, os milicianos formavam duas quadrilhas que se comunicavam. Uma atuava no bairro Shangri-lá, em Belford Roxo, e a outra nos bairros Miguel Couto e Grama, em Nova Iguaçu. 

"Não existe organização criminosa desse porte sem a conivência de agentes do Estado. E o terror que eles impõem é até maior do que se eles não fossem (parte do Estado). Eles possuem vantagens com relação aos outros bandidos, por terem acesso a informações privilegiadas, como quando vai ter operação, por exemplo", disse Adriano Franca, titular da 58ª DP (Nova Iguaçu).

Além de agentes das delegacias da Baixada, capital e de unidades especializadas, PMs da Corregedoria Interna da Polícia Militar e integrantes da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) também participam da ação. 



Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia