Delegada afirma que Doutor Bumbum deve se apresentar à polícia hoje

Antiga defesa teria sido desconstituída, e advogado Marcos Cesar Braga disse ter sido procurado pelo médico Denis Furtado

Por RAFAEL NASCIMENTO

O advogado Marcus Cezar Feres Braga, que defende Denis Cesar Barros Furtado
O advogado Marcus Cezar Feres Braga, que defende Denis Cesar Barros Furtado -

Rio - Um advogado, que se apresentou como novo defensor de Denis Furtado, mais conhecido como Doutor Bumbum, disse que o médico deve se entregar hoje ou amanhã e frisou que a antiga defesa foi desconstituída na véspera. A delegada Adriana Belém falou que ele deve chegar à 16ª DP (Barra da Tijuca) ainda nesta quinta-feira. 

"Ele me disse que não se entregou porque está amedrontado. A obrigação dele é de se entregar. Espero que ele se entregue hoje. Decisão judicial se cumpre e depois se discute. Eu estou em contato com ele e, possivelmente, vou fazer a defesa dele e da mãe", falou Marcos Cesar Braga.

Braga questionou o atendimento no Hospital Barra D'Or, onde Lilian Calixto foi atendida após passar por procedimento estético que lhe causou complicações e a levou à morte.  

"Temos que saber se ela não morreu por conta do atendimento no hospital. Ela foi andando para o hospital", falou. Câmeras de segurança da unidade de saúde, entretanto, mostram que a vítima chegou ao hospital numa cadeira de rodas.

Ele disse ainda que Denis lhe telefonou nesta quarta-feira "perguntando se ele queria fazer sua defesa." Segundo Braga, o médico sofreu "um atentado" no Shopping Downtown. Denis fugiu da polícia no estabelecimento, chegando a quebrar uma cancela. Questionado sobre isso, o advogado nada respondeu.

Últimas de Rio de Janeiro