Estudante congolês foi espancado por engano na Cantareira em Niterói

Universidade diz que homem está apavorado; grupo mirava outra vítima

Por Beatriz Perez

Hospital Estadual Azevedo Lima
Hospital Estadual Azevedo Lima -

Rio - Um aluno estrangeiro da Universidade Federal Fluminense (UFF) foi espancado por um grupo de homens armados na Canteira, em São Domingos, em Niterói, na última quinta-feira, dia 12 de julho. Ele é estudante de engenharia desde 2017 na UFF, que informou estar prestando assistência ao congolês, que deve receber alta nesta quinta-feira. Por meio de sua assessoria, a universidade disse que a vítima está apavorada, querendo o mínimo de publicidade para o caso. 

A UFF afirma que os criminosos miravam outro alvo. O vice-reitor e uma assistente social foram visitá-lo no Hospital Estadual Azevedo Lima (Heal), no Fonseca, em Niterói. Ainda segundo a universidade, o estudante passa bem e deve receber alta nesta quarta-feira.  

Como a Polícia Militar não foi acionada logo após a ação, o incidente deve ser investigado pela Polícia Civil, que até a publicação desta matéria, não retornou o contato do DIA.

 

 

Últimas de Rio de Janeiro