Comandante da UPP da Rocinha é baleado em tentativa de assalto em Curicica

Capitão Marcelo Alves contou à polícia que bandidos renderam sua amiga e ele reagiu, baleando um dos bandidos. O militar foi atingido nas costas e a bala ficou alojada em seu maxilar, mas seu estado de saúde é estável

Por O Dia

Comandante da UPP da Rocinha, capitão Marcelo Alves, foi baleado durante tentativa de assalto em Curicica
Comandante da UPP da Rocinha, capitão Marcelo Alves, foi baleado durante tentativa de assalto em Curicica -

Rio - O comandante da UPP da Rocinha, capitão Marcelo Alves, foi baleado na noite desta quarta-feira durante uma tentativa de assalto em Curicica, na Zona Oeste do Rio. O tiro o atingiu nas costas e a bala ficou alojada em seu maxilar, sem perfurar nenhum órgão vital. Seu estado de saúde é estável.

Alves estava acompanhado de uma policial militar em um carro particular, quando os dois tiveram o veículo fechado por outro carro por volta das 22h30 entre as ruas Coronel Pedro Corrêa e Leonardo Vilas Boas. As informações são dos agentes do 18º BPM (Jacarepaguá).

O capitão informou à polícia que três homens armados desembarcaram do carro e renderam sua amiga, também militar. Ela não ficou ferida durante o crime. Alves contou que reagiu ao assalto e baleou um dos criminosos, mas os bandidos conseguiram fugir.

Mesmo atingido, o capitão conseguiu pedir socorro. Ele foi levado por um motorista ao Hospital Barra D'or, onde foi atendido na emergência do hospital e passou por cirurgia. Marcelo permanece internado na UTI na manhã desta quinta-feira com estado de saúde estável.

As investigações estão em andamento na 32ª DP (Taquara). A Polícia Civil aguarda a melhora no quadro clínico de Marcelo Alves para  ouvi-lo na unidade policial. Os agentes realizam diligências em busca de possíveis testemunhas e imagens de câmeras de segurança instaladas na região onde ocorreu o fato para tentar identificar a autoria do crime. 

 

 

Últimas de Rio de Janeiro