Polícia interdita local de rinhas de galo e prende proprietário

No local, foram encontrados cerca de 40 galos de brigas alojados em situação precária

Por Anderson Justino

O local funcionava clandestinamente em Cabuçu, Nova Iguaçu
O local funcionava clandestinamente em Cabuçu, Nova Iguaçu -
Rio - Agentes da 56ª DP (Comendador Soares) interditaram neste sábado um local que era usado para rinhas de galo, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. De acordo com as denúncias recebidas pela Polícia Civil, o espaço era administrado por um grupo paramilitar que atua no bairro Cabuçu. 
No local, os policiais encontraram cerca de 40 galos de brigas que estavam alojados em situação precária. A polícia também encontrou materiais de uso veterinário. Um homem identificado como Luiz Rodrigues Vieira, o Jabá, foi preso pelos policiais e levado para a delegacia. Segundo a polícia, ele é o proprietário do local e vai responder pelo crime de maus tratos contra os animais.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários