Moradores denunciam água barrenta no Complexo do Alemão

Técnicos do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e Vigilância Sanitária (municipal e estadual) e Cedae, coordenados pelo Ministério Público, colheram amostras na Estação Guandu.

Por O Dia

Água no Complexo do Alemão
Água no Complexo do Alemão -
Rio - Apesar de em alguns bairros a água não estar mais turva, há regiões onde o líquido parece lama. É o caso do Complexo do Alemão, onde vive Camila Nunes. "A água tem cor estranha, está fedendo e com gosto horrível". Técnicos do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e Vigilância Sanitária (municipal e estadual) e Cedae, coordenados pelo Ministério Público, colheram amostras na Estação Guandu. A expectativa é que o resultado sobre padrões de cloro residual, presença de coliformes fecais e bactérias seja conhecido em até 15 dias.

Nesta tarde, o governador Wilson Witzel postou no Twitter. "São inadmissíveis os transtornos que a população vem sofrendo por causa do problema na água. Determinei apuração rigorosa tanto da qualidade quanto dos processos de gestão da companhia".
Água no Alemão - Reprodução


A Agência Reguladora de Energia e Saneamento (Agenersa) recebeu relatório da Cedae sobre a qualidade da água, mas oficiou a companhia a mostrar relatórios complementares. Se comprovada falha, a empresa pode ser multada em mais de R$ 5 milhões. A Cedae anunciou que hoje dará uma entrevista à imprensa sobre o assunto.



Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Água no Complexo do Alemão Reprodução
Água no Alemão Reprodução

Comentários