Agentes levam homem presente no local à delegacia para prestar depoimento - Divulgação
Agentes levam homem presente no local à delegacia para prestar depoimentoDivulgação
Por O Dia
Rio - Agentes civis da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA), em uma operação da Força Tarefa de Combate à Milícias, interditaram um empreendimento imobiliário da milícia, nesta quinta-feira (17), que estava sendo construído de forma irregular no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio. Um homem, presente no local, foi identificado como o responsável pela edificação e encaminhado à delegacia para prestar depoimento.
O prédio possui, ao todo, 37 unidades de um e dois quartos - no último andar, são cinco coberturas. A obra não possui responsável técnico e não tem autorização dos órgãos competentes. As vendas renderiam ao proprietário cerca de R$ 12 milhões.
Publicidade
Esse é o segundo empreendimento imobiliário irregular interditado pela DPMA, em 24 horas, nessa região. Segundo as investigações, a milícia local se utiliza dessa forma de investimento para lavar o dinheiro obtido com ações ilícitas. Milicianos costumam financiar as obras sem nenhum tipo de documentação, comprometimento com projeto de arquitetura e projeto urbanístico.