Com a chegada de novas doses, calendário da prefeitura prevê, esta semana, vacinação de mulheres com comorbidades pela manhã e homens à tarde.
Com a chegada de novas doses, calendário da prefeitura prevê, esta semana, vacinação de mulheres com comorbidades pela manhã e homens à tarde.LUCIANO BELFORD/AGÊNCIA O DIA
Por O Dia
Rio - O recebimento de novos lotes da vacina Oxford/AstraZeneca, produzida pela Fiocruz, permitiu que a cidade do Rio antecipasse em alguns dias o calendário de vacinação para os grupos prioritários. A partir desta segunda-feira, homens e mulheres se vacinam no mesmo dia, mas em horários diferentes. Vale lembrar que a programação só vale para quem tem comorbidades, ou faz parte das profissões prioritárias. 
Diagnosticado com uma doença neurológica que compromete a coordenação motora, Paulo Morgado, 56, era só alegria por ter se vacinado com a primeira dose. "Tenho a Síndrome de Machado-Joseph, que é degenerativa e compromete os órgãos. Estou feliz porque fui muito bem atendido, não havia qualquer fila e os agentes de saúde foram solícitos. Estou emocionado e torcendo para a segunda dose, marcada para julho, chegar logo", disse Morgado, vacinado no posto localizado no Museu da República, no Catete.
Publicidade
Com a chegada de novas doses, calendário da prefeitura prevê, esta semana, vacinação de mulheres com comorbidades pela manhã e homens à tarde. - LUCIANO BELFORD/AGÊNCIA O DIA
Com a chegada de novas doses, calendário da prefeitura prevê, esta semana, vacinação de mulheres com comorbidades pela manhã e homens à tarde.LUCIANO BELFORD/AGÊNCIA O DIA
Confira o calendário de vacinação para esta semana:
Publicidade
Nesta segunda-feira (3/5) - público do grupo prioritário de 56 anos: mulheres, das 8h às 13h. Homens, das 13h às 17h.
Na terça-feira (4/5) - público do grupo prioritário de 55 anos: mulheres, das 8h às 13h. Homens, das 13h às 17h.
Na quarta-feira (5/5) - público do grupo prioritário de 54 anos: mulheres, das 8h às 13h. Homens, das 13h às 17h.
Na quinta-feira (6/5) - público do grupo prioritário de 53 anos: mulheres, das 8h às 13h. Homens, das 13h às 17h.
Na sexta-feira (7/5) - público do grupo prioritário de 52 anos: mulheres, das 8h às 13h. Homens, das 13h às 17h.
No sábado (8/5) - repescagem: público do grupo prioritário de 52 anos ou mais
Podem procurar os postos as pessoas com comorbidades listadas no Programa Nacional de Imunizações (PNI), de acordo com a idade divulgada (confira o calendário no fim da matéria). São consideradas comorbidades: diabetes; pneumopatias crônicas graves; hipertensão arterial (comprovada de forma documental); insuficiência cardíaca; cardiopatia intensiva; síndromes coronarianas; miocardiopatias; arritmias cardíacas; próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados; doença cerebrovascular; doença renal crônica; imunossuprimidos; obesidade mórbida; doença renal crônica, anemia falciforme; síndrome de Down; cirrose hepática.
Publicidade
É sempre importante consultar, se possível, seu médico de confiança antes de receber a vacina. O interessado precisa apresentar laudo médico ou outro documento que comprove a comorbidade e condições incluídas na lista do PNI, como exames, receitas, relatório médico e prescrição médica.
Podem se vacinar pessoas com deficiência e profissionais dos grupos prioritários: trabalhadores da limpeza urbana, guardas municipais, motoristas e cobradores de ônibus e condutores do transporte escolar, trabalhadores da saúde, que não são da área assistencial, mas atuam em hospitais, clínicas e outras unidades e que ainda não foram vacinados.

Os profissionais devem estar na ativa e apresentar os três últimos contracheques comprovando vínculo com a profissão e local de trabalho, ou declaração assinada do estabelecimento em que atuam, que ficará retida na unidade de saúde. Por fim, os policiais civis e militares, bombeiros e agentes penitenciários serão vacinados em seus locais de trabalho.
Publicidade
Segunda dose com datas espaçadas
A Prefeitura do Rio divulgou, no domingo (2), um novo calendário para a aplicação da segunda dose da CoronaVac. A imunização será em datas espaçadas. Nesta segunda-feira (3) é a vez de idosos com 70 anos ou mais de idade. A prefeitura reforçou, ainda, que a segunda dose da CoronaVac "só será aplicada no período da manhã".
Publicidade
A partir desta segunda-feira, idosos acamados ou com mais de 70 anos, que ainda não tenham tomado a segunda dose da CoronaVac, já poderão recebê-la. Na terça (04/05), é a vez dos idosos com 67 anos ou mais. No sábado (08/05), idosos com 66 anos receberão a segunda aplicação do imunizante. Na quinta-feira seguinte (13/05), idosos com 64 e 65 anos receberão a segunda dose da CoronaVac; enquanto aqueles com 61, 62 e 63 anos terão a vacinação completa na segunda-feira, (17/05).
As demais pessoas que foram vacinadas com a primeira dose da CoronaVac entre 5 e 9 de abril devem comparecer aos postos 10 dias após a data marcada para a 2ª dose em seus comprovantes. Já quem recebeu a primeira aplicação entre 10 e 17 de abril deve comparecer aos postos no dia 17 de maio.
Publicidade
Para quem tomou a primeira dose da CoronaVac após 17 de abril não haverá adiamento na aplicação da segunda dose.