João Paulo crê na reação alvinegra contra o Flu após o 'susto' na estreia contra a Portuguesa - Vitor Silva/SSPress/Botafogo
João Paulo crê na reação alvinegra contra o Flu após o 'susto' na estreia contra a PortuguesaVitor Silva/SSPress/Botafogo
Por O Dia

No primeiro teste à frente do Botafogo, Felipe Conceição vivenciou emoções distintas no empate em 2 a 2 com a Portuguesa, no Nilton Santos. Da ansiedade pela estreia no comando do Glorioso à apreensão pela derrota parcial de 2 a 0, o novo treinador viu a equipe reagir e buscar o empate no segundo tempo, mas não evitou as primeiras vaias. No fim, considerou o saldo positivo e prevê evolução para o clássico com o Fluminense, sábado, no Maracanã.

"Está longe, mas é natural. Pelo tempo e pelo que já foi colocado na equipe, eu estou satisfeito. Quero crescimento, a gente vai crescer com certeza, mas ainda está longe do ideal", destacou Felipe.

À espera de reforços, o treinador aposta na mudança na forma de jogar do Botafogo para manter a competitividade da equipe. Único volante de origem, Matheus Fernandes precisará da intensa participação de João Paulo, Valencia e Luiz Fernando no meio de campo para não ficar sobrecarregado. Os dois gols sofridos na estreia do Carioca já acendeu o sinal de alerta.

Para o Clássico Vovô, Felipe Conceição ainda não tem certeza se contará com Carli. Com um incômodo na panturrilha direita, o zagueiro foi substituído no intervalo contra a Portuguesa e já iniciou tratamento. Com dores musculares, Gatito ainda não treinou com bola, e tem trabalhado apenas na academia. Marcelo e Jefferson, respectivamente estão de sobreaviso.

Felipe Conceição vive a expectativa pela regularização do apoiador Renatinho e do atacante Leandro Carvalho, que vira opção para o contestado Rodrigo Pimpão. O lateral-direito Luis Ricardo também estará à disposição para encarar o Fluminense.

Você pode gostar
Comentários