Por
Publicado 08/01/2018 18:22 | Atualizado 08/01/2018 22:27

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) confirmou o surto de hepatite A no Morro do Vidigal, na Zona Sul, e investiga as origens da doença. Até ontem, foram notificados 92 casos de suspeita da doença, dos quais 75 já foram confirmados. O posto de saúde do Vidigal tem vacinado as crianças e parentes das pessoas infectadas.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou que coletou amostras de água da fábrica de gelo e do comércio de galões de água da área. Outras oito amostras de água recolhidas em diferentes pontos foram analisadas pela Fiocruz.

No fim da manhã de ontem, o prefeito Marcelo Crivella esteve no posto de saúde da comunidade e lançou uma campanha de prevenção à doença. "Hoje, a hipótese mais provável é que haja contaminação na água, então é muito importante não beber água de poço e lavar bem as frutas com água fervida", orientou o prefeito.

A secretaria começou a distribuir panfletos com orientações, e o titular da pasta, Marco Antônio de Mattos, disse que as crianças da comunidade já estão sendo vacinadas contra a doença. "As crianças de até 4 anos, 11 meses e 29 dias estão sendo vacinadas. Além disso, os agentes de saúde identificam os domicílios e levam a vacina ou pedem às mães para trazerem os seus filhos até os postos de saúde", informou o secretário.

Os sintomas da hepatite A são semelhantes ao de uma virose: cansaço, perda de apetite, dores nas articulações e dores de cabeça. Mas, se trata de uma doença hepática contagiosa, geralmente associada à contaminação por esgoto ou à água que não é tratada adequadamente. Os alimentos e bebidas mais propensos a estarem contaminados com o vírus são mariscos, frutas, vegetais, gelo e água. Manter a higiene pessoal básica pode reduzir a propagação da doença.

Você pode gostar
Comentários