Polícia prende traficantes da Rocinha e do Urubu

Bruxo, que seria ligado a Nem, estava na Maré. Bracin, no Sapo, na Zona Norte

Por O Dia

traficante rocinha
traficante rocinha - divulgação

Dois traficantes de peso foram presos ontem no estado. Um que liderava o tráfico na Rocinha e estava refugiado na Maré. Outro do Morro do Urubu, em Tomaz Coelho. Policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA) prenderam, na tarde de ontem, um dos suspeitos de chefiar a facção criminosa Amigo dos Amigos (ADA). Conhecido como Bruxo, Fernando Lemos Gonçalves, de 39 anos, atuava na Rocinha até a comunidade ser invadida por integrantes da facção rival Comando Vermelho. Ele estaria ligado à quadrilha do traficante Nem, que comandava o tráfico na Rocinha e está em presídio federal.

Segundo a polícia, ele se abrigou na Vila do João, onde conseguiu abrigo com o traficante Thiago da Silva Folly, o TH. As investigações mostraram ainda que Bruxo estava sendo considerado o principal chefe dentro de um grupo criminoso que domina o município de Rio das Ostras.

Seus principais redutos eram as comunidades da Âncora, Ilha e Nova Cidade ou Novão. O homem tinha mandados de prisão por homicídio, associação e tráfico de drogas e roubo.

BRACIN

Também ontem, policiais da Delegacia de Combate às Drogas (Dcod) prenderam, Luciano Pereira de Castro, conhecido como Bracin. De acordo com a polícia, Bracin ele é o gerente do tráfico de drogas do Morro do Urubu, próximo ao bairros de Tomaz Coelho, na Zona Norte. O criminoso foi preso em uma localidade conhecida como Sapo. Segundo a polícia, no momento da prisão, ele estava com um carro Toyota Corolla, roubado na área da 44ª DP (Inhaúma). Com ele a polícia também apreendeu 3.500 pinos de cocaína. Ele foi autuado por tráfico de drogas, associação para o tráfico e receptação.

Galeria de Fotos

Bruxo é acusado de chefia a facção ADA. Bracin estava com drogas divulgação
traficante rocinha divulgação

Comentários

Últimas de Rio De Janeiro