Raphaela Nascimento, presidente da Tradição, escola do grupo B - Alexandre Brum / Agencia O Dia
Raphaela Nascimento, presidente da Tradição, escola do grupo BAlexandre Brum / Agencia O Dia
Por RENAN SCHUINDT

Conhecida como a 'Passarela do Povão', a Estrada Intendente Magalhães, em Campinho, recebe a partir de hoje, os desfiles das séries B, C, D e E. Com investimento de R$ 3,5 milhões por parte da iniciativa privada e novas regras, a expectativa é que 200 mil pessoas passem pelo local nos cinco dias de desfiles. A abertura da folia será com os Blocos de Enredo do Grupo II. No domingo é a vez das escolas do Grupo D. Já o C desfila na segunda e o Grupo B, na terça. Os desfiles começam às 20h e a entrada é gratuita.

De acordo com Gustavo Barros, presidente da Liga Independente das Escolas de Samba do Brasil (Liesb), o público pode esperar um grande espetáculo. "Convido a todos para comparecer, curtir e participar dos desfiles das escolas de samba da Intendente Magalhães, considerado o verdadeiro Carnaval do Povão".

Entre as melhorias estão o aumento da iluminação nas áreas de concentração, bateria, pista e dispersão e no sistema de sonorização, que agora conta com três carros de som. Outra mudança é a altura das grades que separam o público, que serão idênticas às utilizadas na Avenida Presidente Vargas. O objetivo é evitar invasão do público.

NOVAS REGRAS

Para o Carnaval deste ano, a Liesb fez algumas alterações nas regras. A Série B, por exemplo, terá o tempo máximo de 45 minutos de desfile, aumento no número de alegorias ou tripés, podendo chegar até quatro, além da quantidade de componentes, baianas e ritmistas. As três últimas classificadas serão rebaixadas para a Série C. Nos grupos C e D, o tempo de desfile será de no máximo 40 minutos e, no E, de 30 minutos. Os desfiles começarão pontualmente às 20 horas. Quatro escolas descerão do C para o D, cinco do D para o E.

Você pode gostar
Comentários