Fluminense reduz bloqueio do valor de Wendell na venda para o Sporting

A pendência jurídica que levou ao bloqueio de receitas do clube começou em 2013

Por O Dia

Wendell
Wendell - Divulgação / Flickr Fluminense

Rio - Fora das semifinais da Taça Guanabara, o Fluminense só entra em campo dia 21, contra o Bangu, pelo returno do Campeonato Carioca. Ontem, porém, conseguiu importante vitória nos tribunais: teve recurso acatado pelo Superior Tribunal de Justiça contra o bloqueio de receitas. A decisão, tomada pelo ministro Sérgio Kukina, reduziu o percentual retido de 30% para 15%.

Com isso, o Fluminense terá como resgatar parte do valor da venda de Wendel ao Sporting, que estava retido por ação da Procuradoria da Fazenda Nacional. Dos quase R$ 29 milhões pagos pelo clube português, semana passada, 30% foram bloqueados. Agora, o Flu irá resgatar metade deste valor.

Em caráter provisório, a liminar atende à medida cautelar da diretoria do Fluminense semana passada, o recurso foi interposto pelo departamento jurídico, em Brasília. As demais receitas com bloqueio parcial passam a ter novo percentual, como a da venda de Henrique Dourado ao Flamengo, de quase R$ 8 milhões, referente à parte do Tricolor a outra parte irá para o Mirassol.

O Fluminense conseguiu que o seu recurso fosse acatado pela Justiça, ontem, ao alegar que o bloqueio de 30% da venda de Wendell colocaria em risco o cumprimento de algumas obrigações, como o pagamento de salários, que, hoje, estão em dia.

A pendência jurídica que levou ao bloqueio de receitas do Fluminense começou em 2013, quando Wellington Nem foi vendido ao Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, e o então presidente, Peter Siemsen, não cumpriu a decisão que penhorou o dinheiro do negócio para o recolhimentos de impostos.

A ação sobre a venda de Wendell, que corre na 10ª Vara de Execução Fiscal, é de autoria da Procuradoria da Fazenda Nacional. Ela quer o pagamento de R$ 31 milhões referentes a Impostos de Renda e INSS entre 2007 e 2010.

Galeria de Fotos

Wendell da equipe do Fluminense, durante partida contra a equipe da Ponte Preta, válida pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, realizado no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, interior do estado de São Paulo, na noite desta quarta(09). Eduardo Carmim/Parceiro/Agência O Dia
Wendell Divulgação / Flickr Fluminense
Observado por Abel, Ibañez domina a bola: técnico tem tempo de sobra para fazer ajustes no time LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.

Comentários