Suzuki lança novo Vitara

Utilitário esportivo tem selo de eficiência energética do Inmetro. Preços variam de R$ 84 mil a R$ 113 mil

Por caio.belandi

Rio - A Suzuki lança no Brasil a nova geração do Vitara. O SUV está disponível em seis versões e dois tipos de motor, incluindo um inédito 1.4 turbo, com injeção direta de combustível, de 146 cv e 23,5 kgfm de torque. Os preços começam em R$ 84 mil e atingem R$ 113 mil.

Novo Suzuki Vitara tem selo de eficiência energéticaDivulgação

O utilitário esportivo ganhou um novo desenho, com destaque para as linhas do capô que vão até a parte lateral do carro, para a linha de cintura que vai em direção ao para-lamas, este mais encorpado. E ainda as linhas do teto que apresentam queda em razão de melhor desempenho aerodinâmico. O New Vitara ainda tem faróis com contorno vermelho, leds diurnos, extratores de ar cromados, rack de teto prata, retrovisores com acabamento acetinado com repetidores de setas, além das rodas pretas diamantadas de 17 polegadas. Os pneus são 215/55 R17.

Suzuki VitaraDivulgação

No interior, predominância de vermelho acetinado em detalhes do acabamento, como as molduras dos painéis. Os bancos têm acabamento mais sofisticado e estão decorados com costuras vermelhas. Vale ressaltar ainda os pedais em alumínio. Todas as versões do New Vitara receberam selo de eficiência energética do Conpet, do programa de etiquetagem do Inmetro. O Vitara 4Sport, por exemplo, tem consumo médio de 12,8 km/l — 12,01 km/l na cidade e 13,67 km/l na estrada.

MECÂNICA
O motor 1.4 turbo é operado por uma transmissão automática de seis velocidades com opção por trocar através de borboletas no volante. Além desses, há o propulsor 1.6 litro de 126 cv e 16,7 kgfm e o câmbio manual de cinco marchas. Os casamentos variam de acordo com a versão.

Os preços do novo Suzuki Vitara começam em R$ 84 milDivulgação

Para as opções com tração 4x4, há ainda o recurso ‘All Grip’, que disponibiliza quatro modos de condução apropriados para tipos diferentes de piso. A seleção escolhida age de acordo com parâmetros das condições da pista e modo de dirigir do motorista. Daí, o SUV modula o esforço do volante e a distribuição de torque entre as rodas, podendo até frear uma delas de forma individual para garantir aderência e tração. A tecnologia atua também em conjunto com sistemas de controle de tração (TCS) e estabilidade (ESP). Os modos são Auto, Sport, Snow/Mud (neve e lama) e Lock (reduzida).

O sistema de suspensão é McPherson na dianteira e eixo de torção na traseira.
Para essa nova geração, deram equipamentos interessantes ao New Vitara. O SUV pode vir equipado com direção elétrica, ar-condicionado digital automático, computador de bordo com 12 funções, sensor de estacionamento e frontal, câmera de ré, controle de cruzeiro, chave presencial, botão de partida, função liga/desliga do motor em paradas breves, assistente de partida em rampa, controle descida, entre outros. Para a proteção dos ocupantes em caso de batida há sete airbags.

A central multimídia tem tela grande, 10 polegadas sensível ao toque, com espelhamento para smartphones através da função ‘easy connect’, que é compatível com Android Auto, Apple CarPlay e Mirror Link. A interface ainda permite conexão Wi-Fi.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia