Sem prejuízo na bomba

Em tempos de crise e preços altos nas bombas, saiba algumas medidas que podem fazer você economizar em gastos com combustível. Calibrar os pneus é uma delas

Por Lucas Cardoso

Greve de caminhoneiros provoca fila para abastecimento de combustível em posto de gasolina no Rio de Janeiro
Greve de caminhoneiros provoca fila para abastecimento de combustível em posto de gasolina no Rio de Janeiro -

Rio - Com o aumento do valor do combustível e a greve dos caminhoneiros que ameaça o abastecimento nos postos, reduzir o consumo é a melhor forma de se precaver. O presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin), Reinaldo Domingos, afirma que boas práticas de direção e manutenção do carro podem reduzir em até 35% o gasto. "Um motor mal regulado, fruto da falta de revisões, pode consumir mais", comenta.

De acordo com a Petrobras, o preço dos combustíveis é composto por três variáveis principais: o valor cobrado nas refinarias; impostos estaduais e federais; e a margem de comercialização dos distribuidores e dos revendedores. No Rio, o gasto é maior, já que a incidência de ICMS (34%) é superior à de todos os estados. Em São Paulo, é 17%. Por isso, nada melhor do que economizar. Devido à crise, alguns postos chegaram ao ponto, inclusive, de vender o litro da gasolina com 100% de ágio (R$ 10).

Atenção a itens

O presidente da Abefin alerta para o fato de que todos os itens do carro merecem igual atenção por parte dos motoristas. "Um dos componentes ignorados pelos proprietários é o pneu. Quando estão calibrados conforme orienta o fabricante, há uma diminuição na resistência de rolagem. Isso, por sua vez, eleva a eficiência do carro e faz com que o consumo seja reduzido. Isso sem contar o desgaste dos pneus, que são caros", explica.

João Furlan, sócio-fundador da ChipsAway, rede de franquias de oficina express, indica que os motoristas aproveitem o clima mais ameno desta época do ano para reduzir o consumo. "Já que os dias mais quentes já foram embora, desligue o ar-condicionado. Embora seja uma grande tentação, o aparelho pode influenciar, de forma direta, no consumo de combustível. Um hábito que ajuda a refrescar o espaço no carro é estacioná-lo em locais com sombra, para evitar o aquecimento interno", sugere.

Comportamento

Além disso, quanto mais o motorista variar a velocidade num determinado período ou seja, sem manter uma aceleração constante, maior será o gasto de combustível. É o que mostra um levantamento feito pela Cobli (startup do segmento de rastreamento, telemetria e gestão de frotas), que analisou dados compilados de cerca de 340 mil quilômetros rodados por veículos leves e pesados.

Ainda segundo a pesquisa, esse comportamento gera, em média, um consumo de combustível 40% maior nos veículos pesados, podendo chegar a 75% em casos extremos. Já nos veículos leves, o consumo a mais pode ser de 30% a 50% em média.

"Imagine, por exemplo, um comportamento totalmente diferente do piloto automático, que mantém o veículo a uma velocidade constante sem necessidade de intervenção do condutor do carro. Na prática, motoristas que aceleram e desaceleram com mais frequência têm o pior consumo de combustível", explica Rodrigo Mourad, sócio da empresa.

 

Montadoras interrompem produção

A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) anunciou que todas as fabricantes decidiram parar, desde ontem, suas atividades por conta da greve dos caminhoneiros no país. "Todas as montadoras de veículos no Brasil estarão com suas linhas de produção paradas. A greve dos caminhoneiros afetará significativamente nossos resultados tanto para as vendas, quanto para a fabricação e exportação. A indústria automobilística gera de impostos mais de R$ 250 milhões por dia, e, por isso, essa paralisação vai gerar forte impacto na arrecadação do país", disse a associação em nota à imprensa.

Iniciada na última segunda-feira, a greve dos caminhoneiros não afeta apenas a distribuição de veículos prontos, mas também o fornecimento de componentes para a fabricação dos veículos.

Galeria de Fotos

Greve de caminhoneiros provoca fila para abastecimento de combustível em posto de gasolina no Rio de Janeiro fotos Agência Brasil
Greve de caminhoneiros provoca fila para abastecimento de combustível em posto de gasolina no Rio Agência Brasil

Comentários

Últimas de Automania