Especialistas explicam o que deve ser observados na hora de comprar o usado

Verificar histórico do automóvel, levar mecânico para avaliar e fazer test drive são algumas das orientações

Por

Carros usados com mais de quatro anos cresceram em vendas -

Rio - Quem não tem dinheiro suficiente para comprar um carro zero não precisa ficar a pé. O mercado de seminovos está cheio de opções seguras e de qualidade. No entanto, a exemplo de qualquer compra, é necessário tomar certos cuidados, mesmo que o veículo esteja aparentemente em perfeito estado. Os principais, segundo especialistas do segmento automotivo, são: verificar o histórico do automóvel e levar um mecânico para avaliá-lo, além de fazer test drive.

"A checagem do passado do carro junto aos órgãos evitará que o novo proprietário caia em uma armadilha, como nos casos envolvendo veículos clonados ou reparados depois de perda total. Somam-se a isso os exemplos de multas herdadas do antigo dono e problemas na hora de fazer a transferência", explica Joel de Oliveira, supervisor da multimarcas Prime, em Del Castilho. O profissional orienta também a verificação do número de chassi do automóvel.

Em segundo lugar, é importante verificar a condição do automóvel não somente na parte visível (lataria, pintura, interior e rodas). "Muitos proprietários esquecem de verificar algo simples, que é o manual do automóvel. Nele, se o proprietário atual for cuidadoso com as revisões por quilometragem, constarão todas as informações relacionadas à frequência da ida do carro à concessionária", explica o supervisor da Prime.

Além disso, Joel sugere que fatores relacionados à quilometragem também sejam considerados na hora de avaliar um automóvel. "Nem sempre um carro pouco rodado está em boas condições. Em algumas situações, o carro pode ter cinco anos e menos de 20 mil km rodados, mas, por conta dessa falta de uso, estar cheio de problemas mecânicos. Muitas vezes, até maiores do que aqueles encontrados num modelo bem mais rodado", diz.

Garantia

O gerente do departamento de carros usados da Dirija (Freguesia), Luiz Pimentel, chama a atenção para um detalhe que pode fazer toda a diferença: "Quando o carro é adquirido em revendedora ou concessionária, são feitas todas essas verificações de segurança para garantir o pleno funcionamento dele. Então, a chance de se ter dor de cabeça é bem menor".

Outra dica importante: em geral, o test drive não é o procedimento que mais irá deixar a compra segura, mas certamente irá passar uma boa impressão do que você terá pela frente. Analise tudo o que puder enquanto dirige: barulhos estranhos, pedais, câmbio e aparência do interior. Outro detalhe é se certificar de que o modelo escolhido tem o tamanho compatível com a metragem da sua vaga na garagem.

CUIDADOS

QUILOMETRAGEM

O número registrado no odômetro diz muito sobre a vida do automóvel. Por isso, deve ser levado em consideração na avaliação.

MANUAL

O item contém a lista de revisões realizadas pelo carro nas concessionárias durante os primeiros anos de vida.

CONDIÇÃO

Lataria, pintura, parte interna, pneus e motor são partes indispensáveis na checagem antes de fechar o negócio.

MECÂNICO

Só o profissional poderá identificar problemas ocultos no funcionamento do automóvel.

Comentários

Últimas de Automania