Vespa inicia produção de modelo elétrico

Com autonomia de 100 quilômetros, modelo terá potência superior ao encontrado em motos 50 cilindradas. Preço é de aproximadamente R$ 31 mil

Por O Dia

Modelo será vendido pela internet a partir de outubro
Modelo será vendido pela internet a partir de outubro -

Tradicional fabricante de motonetas italiana, a Vespa deu o primeiro passo para o futuro eletrificado na segunda-feira. A marca começou a produzir seu primeiro modelo 100% elétrico. Chamada de Elettrica, o mode lo tem autonomia de 100 quilômetros e custa 6.480 euros, cerca de R$ 31 mil.

Apresentada como protótipo no Salão de Milão de 2017, a moto mistura o visual clássico das primeiras Vespa ao motor elétrico. O propulsor tem potência de 4 kW, equivalente a 2,7 cavalos de potência. As baterias são de íons de lítio e têm autonomia estimada em 100 quilômetros.

Além do modelo puramente elétrico, a marca também venderá uma versão com autonomia de 200 km. Esta última, porém, com o suporte de um motor a combustão como gerador. O carregamento total pode ser feito em quatro horas.

A nível de tecnologia, a moto elétrica inova ao oferecer um sistema de intercomunicação entre veículos e pessoas. Em outras palavras, a nova Vespa contará com uma inteligência artificial desenvolvida para ampliar a segurança e facilitar a locomoção em centros urbanos.

A Vespa Elettrica conta com acabamentos, carenagens e espelhos cromados. As rodas de liga leve na cor grafite acompanham a proposta. Ambas possuem detalhes azuis, assim como as costuras do banco e detalhes da própria carenagem. Farol e lanterna são de LEDs.

Outro ponto alto do modelo é o painel de instrumentos 100% digital. O equipamento traz uma tela de 4,3 polegadas e permite conexão com celulares via Bluetooth. Assim como os multimídias de carros, o sistema permite ao condutor enviar e receber mensagens, acessar músicas e manusear o GPS.

Segundo a marca, o lançamento terá dois modos de condução, ECO (com velocidade máxima limitada a 30 km / h) e Power (sem limitação).Há ainda um configuração chamada de Reverse, que promete facilitar as manobras na hora de estacionar.

De 1946, quando foi lançado o primeiro modelo do grupo italiano Piaggio, responsável pelas Vespas, o atual momento é o melhor para a montadora. Foram mais de 1,5 milhão de exemplares vendidos somente na última década.

No primeiro semestre, a Vespa fechou com crescimento de 10% nas vendas em relação ao mesmo período do ano passado. No mercado europeu, os primeiros exemplares devem ser entregues em outubro. Ainda não há previsão de o modelo chegar ao Brasil.

Galeria de Fotos

Modelo será vendido pela internet a partir de outubro Divulgação
Painel 100% digital conta com conexão via smartphone Divulgação

Últimas de Automania