Jetta 2019 fica maior e mais equipado

Nova geração do sedã médio da Volkswagen chega às concessionárias da marca em duas versões, com preços a partir de R$ 109 mil

Por Lucas Cardoso

A sétima geração do Jetta chega com visual renovado. Linhas mais agressivas, motor flex e equipamentos de segurança estão entre as principais novidades
A sétima geração do Jetta chega com visual renovado. Linhas mais agressivas, motor flex e equipamentos de segurança estão entre as principais novidades -

São Paulo - A Volkswagen lançou nesta quinta-feira, o Novo Jetta. Equipado com motor 1.4 TSI de 150 cavalos, a sétima geração do sedã médio chega às concessionárias a partir de outubro, em duas versões: Confortline por R$ 109 mil e R-Line custando R$ 119 mil.

Importado do México, o novo modelo usa a versátil plataforma MQB, que também serve de base para os irmãos Polo , Virtus, Tiguan e Golf. Graças a mudança, a linha 2019 cresceu 4,3 cm de comprimento (4,7 m), 2, 1 cm de largura (1,8 m) e 3,7 cm de entre-eixos (2,68 m). O espaço para os passageiros é apenas dois centímetros menor em relação ao seu principal concorrente, o Toyota Corolla. O porta-malas tem 510 litros de capacidade.

Versão R-Line tem ponteira dupla de escapamento - Divulgação

O visual passou por mudanças radicais em relação as geração anterior. Agora, o Jetta 2019 deixa de lado a pegada sóbria de outrora  e oferece linhas mais agressivas. Vincos mais acentuados no capô, lateral e traseira alongada fazem parte do pacote de mudanças. Na dianteira, a grade trapezoidal maior com apliques cromados reforça a pegada requintada do modelo.

No quesito iluminação, os faróis e lanternas foram redesenhados e agora são em Full-LEDs. Luzes de ambiente em dez tons configuráveis no interior da cabine dão um toque de charme para o modelo.

Interior tem iluminação ambiente em LED nas portas, painel e console central. Sistema pode ser configurado em dez cores - Divulgação

Motorização

Diferente do motor equipado na versão anterior, que só podia ser abastecido com gasolina, o motor 1.4 TSI do Jetta 2019 é flex. Em ambos os combustíveis, o propulsor desenvolve potência máxima de 150 cavalos e 25,5 quilos de torque, que está disponível logo em baixos giros. Ou seja, não é preciso pisar muito para sentir a força do motor.

Com esse conjunto mecânico, o Novo Jetta acelera de 0 a 100 km/h em 8,9 segundos e tem velocidade máxima de 210 km/h, independentemente do combustível.

Equipamentos

O Volkswagen aposta no bom nível de equipamentos para emplacar mais modelos. Desde a versão Confortline, o sedã conta com ar-condicionado de duas zonas, volante multifuncional, seletor de modos de condução (sport, eco, normal e pessoal) e luzes diurnas em LEDs. Além disso, há também sensor chuva e estacionamento (dianteiro e traseiro), seis airbags, start-stop, bancos elétricos com revestimento de couro sintético e rodas de liga-leve 17 polegadas.

Mais completa, a versão topo R-Line adiciona os seguintes itens ao pacote de série: controle automático de velocidade, assistente de frenagem de emergência (dianteiro e traseiro), detector de fadiga, sistema de frenagem de emergência pós-colisão e rodas exclusivas (17).

O visual da versão topo também é diferente. Entre as principais mudanças estão a grade hexagonal com parte em preto brilhante, retrovisores pretos, ponteiras de escapamento cromadas e emblemas alusivos a versão (para-lamas, grade dianteira e volante). Outro detalhe importante é que os freios do Jetta 2019 são a disco nas quatro rodas.

Tecnologia

O painel de instrumentos 100% digital com tela de dez polegadas, chamado de Active Info Display, é de série na versão R-Line e opcional na versão Confortline. A central multimídia de oito polegadas com conexão para smartphones é de série em ambas as versões. A novidade do equipamento é que ele passa abrigar os controles do ar-condicionado.

 

 

Galeria de Fotos

A sétima geração do Jetta chega com visual renovado. Linhas mais agressivas, motor flex e equipamentos de segurança estão entre as principais novidades Divulgação
Visual da traseira lembra o utilizado no irmão menor, o Virtus Lucas Cardoso
Rodas de liga leve aro 17 são diferentes nas duas versões Lucas Cardoso
Faróis da linha 2019 são Full-LEDs e contam com luz diurna Lucas Cardoso
Modelo traz dianteira com pegada mais agressiva e mais cromados Lucas Cardoso
Interior tem iluminação ambiente em LED nas portas, painel e console central. Sistema pode ser configurado em dez cores Divulgação
Versão R-Line tem ponteira dupla de escapamento Divulgação

Últimas de Automania