Toyota apresenta nova geração do Corolla

O sedã médio mais vendido do país foi anunciado pela marca durante salão do automóvel na China

Por Lucas Cardoso

Versão híbrida tem linhas mais ousadas, quando comparada com o modelo movido a combustão -

Rio - Demorou, mas chegou. A Toyota revelou, na última sexta-feira, durante o Salão de Guangzhou, na China, a 12ª geração do Corolla. A estreia acontece depois de o modelo ter seu visual especulado com o lançamento antecipado da linha em outras carrocerias, como hatch e perua, o sedã médio. O modelo foi anunciado para o segundo semestre de 2019 nos mercados americano, europeu e chinês. A chegada do modelo ao Brasil só deve acontecer em 2020.

Com visual totalmente renovado, por dentro e por fora, o novo Corolla mostra autenticidade. Dentre as principais novidades da linha, está a oferta de uma versão híbrida com motor 1.8 de 122 cv. A configuração estará à venda em 90 países. Em um cenário onde os avanços dos carros elétricos previstos para o próximo ano, as chances da versão com dois motores pintar por aqui é grande. No lançamento, foram confirmados três modelos movidos a energia limpa.

Novo Toyota Corolla compartilhará plataforma TNGA com o Prius - Divulgação

Outra novidade da nova geração é a adoção de uma transmissão automática variável (CVT) aprimorada. Diferente do sistema tradicional, que utiliza apenas duas polias, o novo sistema também traz engrenagens para a primeira marcha. De acordo com a marca, a alteração garante mais força em saídas, ultrapassagens e deixa a condução mais esportiva.

Lá fora, o modelo também terá outras duas opções de motores: o 1.6 aspirado (que rende de 132 cavalos, com opções de câmbio manual ou CVT) e o novo 2.0 também aspirado (que conta com injeção direta e pode render lá fora 170 cv e 21,4 quilos de torque máximo).

Visual

A nova geração usa a mesma plataforma TNGA do Prius. E tem visual mais agressivo.Na dianteira, os faróis LED ganham desenho mais ousado. Linhas estão mais afiladas na extremidade próxima à grade e maiores na parte que invade a lateral.A grade frontal hexagonal também está maior. A luz de neblina é menor e fica posicionada nos cantos inferiores do para-choque, dentro da grade.

Completamente modificado, interior traz central multimídia flutuante e painel de instrumentos com computador de bordo 'generoso' - Divulgação

A traseira também muda bastante. Em relação à geração atual, o líder em vendas da Toyota ganha uma lanterna que se une de ponta a ponta, invadindo a tampa do porta-malas. O interior fica mais tecnológico e traz um painel com computador de bordo digital generoso ao centro. Agora, a central multimídia é flutuante, assim como em modelos da Ford e Fiat.

Galeria de Fotos

Completamente modificado, interior traz central multimídia flutuante e painel de instrumentos com computador de bordo 'generoso' Divulgação
Lateral tem vinco que começa no para-lama dianteiro e se estende até as lanternas Divulgação
Central multimídia flutuante e computador de bordo são destaques no interior fotos Divulgação
Farol tem formato estreito na parte interna e fica mais largo a medida que invade a lateral do carro Divulgação
Versão híbrida tem linhas mais ousadas, quando comparada com o modelo movido a combustão Divulgação
Novo modelo anunciado para o mercado americano tem visual mais agressivo e moderno fotos Divulgação
Novo Toyota Corolla compartilhará plataforma TNGA com o Prius Divulgação

Comentários

Últimas de Automania