Yamaha revela versão final da nova Ténéré 700

Se chegar ao Brasil, trilheira de grande porte ocupará espaço vazio desde o fim da linha 600

Por O Dia

Ténéré 700
Ténéré 700 -

Rio - Depois de dois anos de aparições seguidas nos maiores eventos destinados às duas rodas pelo mundo, enfim, a Yamaha revelou como será a Ténéré 700. O modelo, que chegará às concessionárias no segundo semestre de 2019, apareceu durante o Salão de Milão, na semana passada. Ainda sem previsão de chegada ao país, a Ténéré 700 ocupará o espaço deixado por Ténéré 660 e XT 660R, que sairam de linha. Hoje, a Yamaha só vende a versão 250 por aqui.

Inspirada em modelos destinados a competições de rally, a big trail da Yamaha mantém o visual visto nos primeiros conceitos revelados, chamados de T7. Um dos destaques do projeto, o conjunto de iluminação dianteiro com quatro LEDs, também segue para a versão final. A novidade fica por conta do chassi tubular, exclusivamente projetado para o modelo.

Apesar de não ter revelado todas as características do lançamento, a Yamaha antecipou que ela utilizará o mesmo motor da atual MT-07. Trata-se do conhecido CP2 de dois cilindros paralelos, que tem 689 cilindradas e rende 73 cavalos de potência. A diferença fica por conta do torque de 6,9 quilos, que foi reprojetado para chegar completo já nas baixas rotações, segundo a Yamaha. O câmbio é de seis marchas.

Como já havia sido antecipado, o modelo conta com suspensão invertida na dianteira e do tipo monochoque atrás. Na traseira, inclusive, o sistema possui regulagem de pré-carga e 200 mm de curso. Os freios com tecnologia ABS são assinados pela Brembo e têm dois discos (282 mm na dianteira e 345 mm na traseira). O sistema pode ser desligado.

 

Galeria de Fotos

Um dos destaques do projeto, o conjunto de iluminação dianteiro com quatro LEDs também segue para a versão final fotos divulgação
Ténéré 700 divulgação
Ténéré 700 divulgação

Últimas de Automania