Ferrari lança Stradale híbrida com 1.000 cv

A SF90 Stradale é o primeiro modelo plug in de produção fabricado pela marca. Modelo tem três motores elétricos e um V8 a combustão

Por O Dia

Esse é o primeiro modelo da marca com os elementos de design da traseira
Esse é o primeiro modelo da marca com os elementos de design da traseira -
O cavalinho da Ferrari galopa pela segunda vez com gasolina e eletricidade. A marca italiana anunciou, nesta quarta-feira, o lançamento da SF90 Stradale, segundo super esportivo híbrido da marca. Com quatro motores, sendo três deles elétricos, a nova Ferrari gera, pasmem, 1.000 cavalos de potência combinada e torque de 91,8 kgfm. Para completar, o 0 a 100 é quase mais rápido que uma piscar de olhos: 2,5 segundos.

A novidade da Ferrari combina um bruto V8 4.0 movido a gasolina, que garante 780 cv. O motor mais potente já produzido pela marca, segundo a fabricante. Ele fica combinado motores menores elétricos capazes de gerar 220 cv. Sendo que um deles fica próximo a caixa da transmissão automática de dupla embreagem, com oito velocidades.
A nova Stradale híbrida deve custar entre 600 e 700 mil euros, cerca de R$ 2.7 milhões - Divulgação


Outra novidade do modelo, além do motor, que já seria o suficiente, é a tração integral. Essa é a primeira Ferrari com essa opção de tração. A LaFerrari (primeira híbrida da italiana), apesar de ter um motor elétrico na dianteira, tem tração traseira.

A velocidade máxima do modelo é de 340 km/h. Só com os motores elétricos no eixo dianteiro a SF90 pode atingir até 135 km/h. É difícil de acreditar que alguém com o modelo deixe o carro ficar na reserva, mas se isso acontecer, o modelo ainda pode rodar por 25 km com a autonomia da bateria. O lado ruim dessa economia é que nesse modo, a Ferrari híbrida não emite o som rouco do V8.
Os engenheiros da marca italiana também trabalharam muito na aerodinâmica. Graças a esses esforços, a Stradale é o carro de alto desempenho com melhor downforce (chão) da marca. Dados da escuderia indicam 390 kg de força para baixo a 250 km/h.
Design
O visual da dianteira é novidade entre os modelos da marca. Os faróis tem formato de 'C' e DLR triplo. Na lateral, há vincos e uma entrada de ar enorme. Ainda na porção, as rodas são metálicas com detalhes em preto. Por cima, o destaque é da tampa de vidro e da antena do tipo tubarão.
Atrás, as lanternas em LED tem linhas curvas. O escape duplo tem posição elevada e o para-choque tem uma fenda em cada lado que vai até a extremidade inferior. O modelo nome da nova SF90 é uma homenagem ao aniversário de 90 anos da escuderia italiana.

Galeria de Fotos

Esse é o primeiro modelo da marca com os elementos de design da traseira Divulgação
Ferrari híbrida tem transmissão automatizada de dupla embreagem banhada a óleo de 8 velocidades Divulgação
A traseira chama atenção pelas lanternas em LED e pelas saídas de escape elevadas Divulgação
A nova Stradale híbrida deve custar entre 600 e 700 mil euros, cerca de R$ 2.7 milhões Divulgação
Instalado na traseira, o motor V8 longitudinal de 780 cv é o mais potente já fabricado pela marca italiana Divulgação
Um dos motores elétricos instalados no modelo é o mesmo usado em carros da Fórmula 1 Divulgação

Comentários