Chevrolet revela oitava geração do Corvette

Pela primeira vez desde o lançamento o esportivo da marca da gravata adota motor em posição central-traseira

Por MOTOR SHOW

Oitava geração abdicou de motor traseiro, contrariando puristas, para instalar propulsor na posição central
Oitava geração abdicou de motor traseiro, contrariando puristas, para instalar propulsor na posição central -

São Paulo - A Chevrolet revelou oficialmente, nesta quinta-feira, na Califórnia (EUA), o Corvette de 8ª geração. Pela primeira vez desde o lançamento, em 1953, o esportivo da marca da gravata adota o motor em posição central-traseira.

Apesar de parecer estranha para o modelo, a configuração foi testada diversas vezes em conceitos ao longo da vida do Corvette, a última vez no CERV III, de 1990. Mas a possibilidade de mudar o motor de lugar sempre enfrentava resistência da direção da empresa. Até agora.

O esportivo trocou a característica carroceria com frente longa por outra com visual bem mais próximo ao dos europeus de alto desempenho. No interior, a novidade é o ar tecnológico, com central multimídia com tela flutuante e o volante com desenho pouco convencional, mas que ao mesmo tempo remete ao antecessor.

Já na lista de equipamentos, os destaques são o seletor de modos de condução com seis modos de condução, o som premium Bose com até 14 alto-falantes e as três opções de assento, sendo um deles para uso em pista.

A versão Stingray conta com o motor 6.2 V8 LT2 herdado do Corvette C7, mas retrabalhado para o uso na posição central-traseira. Com o pacote Z51, o propulsor é capaz de desenvolver 495 cv. Ele trabalha em conjunto com uma transmissão do tipo transeixo de oito marchas e dupla embreagem, que traciona as rodas traseiras e permite ao esportivo acelerar de 0-100 km/h em cerca de três segundos.

A Chevrolet já abriu a reserva do modelo nos Estados Unidos, mas não anunciou os preços. Em seu discurso durante o evento, Mark Reuss, presidente da General Motors, destacou que o novo Corvette Stingray ficará abaixo dos US$ 60 mil (cerca de R$ 220 mil).

O último com motor dianteiro

No fim de junho, a Chevrolet leiloou o último exemplar produzido do Corvette de 7ª geração. O carro, um exemplar conversível da versão Z06, foi vendido por US$ 2,7 milhões (leia mais aqui).

Comentários