Marca Ducati apresenta sua cruiser com motor de 162 cv

Versão topo 1260S tem quickshift, usa freios da Brembo e adota suspensão Öhlins

Por O Dia

Diavel tem tecnologias como faróis, piscas e lanternas de LED
Diavel tem tecnologias como faróis, piscas e lanternas de LED -

Demorou bastante, é verdade, mas, enfim, a Ducati decidiu trazer a nova geração da bruta Diavel para o Brasil. Oferecida apenas na versão topo de R$ 94.900 mil, a cruiser chega com motor 1260 cc, capaz de entregar até 162 cavalos de potência e torque superior ao de muitos carros populares. A chegada do modelo foi confirmada pela marca durante o Salão Duas Rodas, que terminou na última semana.

O coração da Diavel na versão 1260S tem dois cilindros em "V", comando de válvulas variável e 1262 cm³ de capacidade, com entrega máxima de potência a 9.500 rpm. Já o torque de 13,1 kgfm chega aos 7.500 rpm. O câmbio tem seis marchas e acelerador eletrônico com quickshift para trocas rápidas, sem a necessidade de usar a embreagem.

Além da potência, a Diavel 1260S traz visual imponente, com carenagens largas, tomada de ar para refrigeração do motor integrada ao tanque, quatro de treliça aparente na cor vermelha e rabeta encurtada. A placa fica presa ao eixo traseiro e rente a roda. O escape duplo reduzido nem chega a alcançar a roda traseira.

Como todo modelo nessa faixa de preço, a Ducati Diavel também está recheada de tecnologias, como painel de instrumentos em TFT, faróis, piscas e lanternas de LED e controle eletrônico de tração, com modos de condução.

CONTROLE DE EMPINADA

Para controlar toda a força do motor, a marca também adicionou controle de empinada, que evita as saídas mais brutas e inesperadas.

Os freios da Diavel 1260S são da Brembo com ABS e controle de inércia em três níveis de intervenção, que vão desde desligado ao 100% atuante, quando o comportamento da moto é sempre mantido sob o controle do sistema. Já o conjunto de suspensão traz garfo Öhlins de 48 mm de diâmetro totalmente ajustável na frente e do tipo monochoque atrás.

A posição de direção é ampliada graças à posição do assento em dois níveis. O banco fica á 78 cm do chão. Os pneus largos de 240 mm colaboram para a estabilidade da cruiser. As rodas são de 17 polegadas na dianteira e traseira.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Diavel tem tecnologias como faróis, piscas e lanternas de LED Divulgação
O assento da Diavel fica a 78 cm do chão e possui dois níveis Divulgação
Assinatura em LED dos faróis tem formado de "U" Divulgação
Lanternas em LED duplas ficam na posicionadas na parte interna da rebeta Divulgação
Modelo tem controle eletrônico de velocidade ajustável e painel de isntrumentos com tela em TFT Divulgação
Versão que chega ao Brasil é a topo 1260S Divulgação
Suspensão dianteira assinada pela Öhlins tem 48 mm de diâmetro ajustável na frente e monochoque atrás Divulgação

Comentários