Novo GLA assume posto de SUV

Oitava geração do modelo Mercedes-Benz é lançada na Europa e chega ao Brasil até o fim de 2020

Por Lucas Cardoso

Novo Mercedes-Benz GLA agora tem porte de SUV
Novo Mercedes-Benz GLA agora tem porte de SUV -

A Mercedes-Benz apresentou de maneira oficial na semana passada a oitava geração do GLA. O menor SUV era esperado para a última edição do Salão de Frankfurt, na Alemanha, mas só deu as caras agora. Ele chega com novas tecnologias, mais espaço interno e três opções de motorização — todas turbo. As vendas na Europa estão marcadas para julho. Por aqui, a estreia deve acontecer em novembro.

O novo GLA usa a mesma plataforma do irmãos Classe A, B e GLB. A estrutura garante ao SUV 1,4 cm a menos de comprimento (4,41 m), 3 cm a mais de largura (1,834 m), 3 cm a mais de entre-eixos (2,729 m) e 10,4 cm de altura (1,611 m). Isso mesmo, mais de 10 cm. Tudo porque antes o GLA era um hatch. Segundo a marca, as novas medidas garantem mais espaço para pernas e cabeça.

Entre as outras novidades do modelo está a central multimídia inteligente MBUX, já vista por aqui no Classe A. O modelo chega com sistema autônomos de condução que permitem ao veículo, por exemplo, fazer manobras e evitar acidentes. Curiosa, a função que fecha vidros, teto solar, rebate os retrovisores e ativa o modo de recirculação de ar (tudo ao mesmo tempo) chamada de "Lava Rápido", também faz parte da lista de itens. 

Ainda que seja só uma prévia, durante o anúncio, a Mercedes confirmou quais serão as duas combinações de trem de força instaladas no SUV. Para a versão de 'entrada' GLA 200, o motor é o 1.3 turbo de quatro cilindros e 163 cv. Ele vem combinado com um câmbio automatizado de dupla embreagem e sete marchas. O motor empurra o GLA de 0 a 100 km/h em 8,7 segundos. Já a velocidade máxima alcançada pelo utilitário esportivo é de 210 km/h. Nada mau!

Potência de verdade só na versão 35 4Matic, que tem tração integral. Nela, o 1.3 dá lugar ao 2.0 turbo de 306 cavalos e 40,8 kgfm de torque. O 0 a 100 km/h nessa versão cai para 5,1 segundos e a máxima sobe para 250 km/h. Entre as duas versões está a 250. Ela tem o mesmo propulsor turbinado, porém com uma calibração menos agressiva. São 224 cv e 35,7 kgfm de torque.

As vendas do GLA nas concessionárias da Mercedes-Benz da Europa começam em julho do ano que vem, os valores das versões não foram confirmados.

A chegada aqui no Brasil já foi confirmada, mas deve demorar um pouco mais. Provavelmente, o modelo será uma das principais atrações do Salão do Automóvel de 2020.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Novo Mercedes-Benz GLA agora tem porte de SUV Divulgação
Novo Mercedes-Benz GLA agora tem porte de SUV Divulgação
Painel de instrumentos integrado a central multimídia é o mesmo já instalado no Classe A lançado por aqui. Sistema tem inteligência artificial que 'aprende' os gostos do motorista Divulgação
Novo Mercedes-Benz GLA agora tem porte de SUV Divulgação
Novo Mercedes-Benz GLA agora tem porte de SUV Divulgação

Comentários