Fiat apresenta oficialmente nova geração da Strada

Picape ganha porte, linhas mais modernas e versão cabine dupla de quatro portas. Lançamento deve dividir espaço com modelo atual

Por

Visual dianteiro lembra desenho do sedã Cronos, mas traz faróis com luz diurna de LED na parte superior que lembra design da Toro
Visual dianteiro lembra desenho do sedã Cronos, mas traz faróis com luz diurna de LED na parte superior que lembra design da Toro -

É oficial! A Fiat acaba de revelar o visual da sua picape mais popular, a Strada. Prevista já para março, a linha 2021 do modelo era mantida pela marca italiana sob sigilo absoluto, mas flagra divulgado por usuários no instagram, na última terça-feira, antecipou a divulgação do design final. Modelo deve dividir espaço com geração atual.

A imagem oficial da picape confirma projeções e rumores de que ela traria elementos de Argo, Cronos e até do irmão maior Toro. Na dianteira, por exemplo, a grade remete ao que é visto na picape maior. Já o conjunto de iluminação da mesma porção parece ter sido inspirado na dupla Cronos e Argo. A diferença fica por conta da dimensão dos faróis, que parecem menores na picape compacta. 

Ainda na dianteira, a grade do tipo colmeia com três barras horizontais tem formato irregular, que lembra um hexágono. A logo também muda em relação à Strada antiga. Agora, o padrão segue o estilo com letras garrafais empregado na nova identidade da marca. 

Na lateral, as caixas de roda são mais protuberantes e trazem molduras plásticas, para proteger a pintura. O visual 'parrudo' é reforçado pela linha de cintura mais alta. Os vidros também lembram a dupla Argo e Cronos, com a diferença que na Strada a linha da coluna 'C' é menos angulada.  Atrás, as lanternas lembram desenho de peça instalada na irmã maior Toro. 

A versão mostrada na imagem de divulgação é a nova variante cabine dupla, a Volcano, que inaugura a opção de quatro portas, homologada para cinco passageiros. A nova geração virá montada sobre a plataforma do Argo, com ajustes no comprimento, para permitir o transporte de carga. O sistema de suspensão mantém feixes de mola atrás e independente na frente. 

Sob o capô

Ainda não confirmado, o conjunto mecânico da picape deve ter novidades. A primeira delas é a oferta do propulsor 1.3 FireFly — mesmo da linha Argo e Cronos — capaz de render até 109 cv. O propulsor compor a mecânica das versões mais caras.

As variantes mais em conta devem manter o confiável 1.4 Fire de até 88 CV. A transmissão deve ser manual de cinco marchas, mas ainda há esperança de que a marca traga a nova caixa CVT.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Visual dianteiro lembra desenho do sedã Cronos, mas traz faróis com luz diurna de LED na parte superior que lembra design da Toro divulgação
Design do modelo foi antecipado pela marca na semana passada Divulgação
Modelo foi flagrado em ensaio de divulgação Reprodução Instagram/gessnermotors

Comentários