Youtubers são ameaçados por moradores e abandonam Arraial do Cabo após vídeo de aglomeração nas praias

Marcos Vaz e a Ines Lafosse, do canal 'Vaz Aonde', moravam há 6 meses em Arraial do Cabo e registraram a ocorrência na policia, que investiga o caso

Por Juarez Volotão

Youtubers são ameaçados por moradores e abandonam Arraial do Cabo após vídeo de aglomerações nas praias
Youtubers são ameaçados por moradores e abandonam Arraial do Cabo após vídeo de aglomerações nas praias -
Cabo Frio - Um caso atípico tomou os noticiários nestes útimos dias envolvendo a pacata cidade de Arraial do Cabo, um dos destinos turísticos mais procurados do Brasil e do mundo, e um casal de youtubers, o carioca Marcos Vaz e sua namorada, a argentina Ines Lafosse, produtores do canal 'Vaz Aonde', com mais de 218 mil inscritos e mais de 232 mil seguidores no instagram, onde após um vídeo registrando o feriado da independência no município e as aglomerações pelas praias, teriam sido ameaçados por supostos 'moradores' e tiveram de abandonar a cidade. 
O casal morava há 6 meses em Arraial do Cabo e produziam vídeos sobre os pontos turísticos da cidade, alimentando o seu canal no Youtube que é sobre viagens e estilo de vida e ainda trazem dicas de como viajar gastando menos e aproveitando mais. O polêmico vídeo foi publicado no último domingo (06), véspera do feriado prolongado, e já possui mais de 70 mil visualizações, até o fechamento dessa matéria. 
Os youtubers filmaram o grande movimento e as aglomerações nas praias Grande e prainha, fazendo observações e questionamentos, tais como a falta do uso de máscaras e ainda, a falta de fiscalização pelo poder público do município e ainda comparou a cidade com o litoral paulista, que segundo ele, diferente de lá onde não podem ficar nas faixas de areia, em Arraial, podendo ou não, eles estavam. Durante a live e a transmissão do vídeo de pouco mais de 5 minutos, muitos seguidores endossaram as declarações do digital influencer, porém também desagradou a alguns, gerando mensagens agressivas de 'supostos' moradores e até possíveis ameaças: 'O número do meu celular parou em grupo de whatsapp local, foi daí que recebi algumas mensagens em áudio me ameaçando e me intimidando', informa ele. 
“Rapaz, você tá maluco? Você nem de Arraial do Cabo é. Você não depende do turismo de Arraial. Tu vem pra cá pra queimar nossa cidade? Apaga aquele vídeo que tu fez senão você vai ter um problema sério com a gente aqui. A gente vai dar uma ‘coça arrumada’ em você e colocar você de volta pra sua cidade", diz em um trecho da mensagem. O casal relatou o ocorrido em um outro vídeo publicado nas redes na quinta-feira (10) onde anunciaram ter deixado a cidade, com muito medo por Arraial ser uma cidade pequena e por imaginarem que o autor das ameaças e xingamentos podia saber onde moravam. O registro da ocorrência foi realizada na Delegacia da Polícia Civil, que seguirá com a investigação do caso e tentam identificar o autor das ameaças. 
No vídeo, Marcos Vaz lamentou e classificou o episódio de incidente, mas que se trata de um fato isolado: 'Isso não é uma crítica para a cidade de Arraial do Cabo e sim um comportamento que aconteceu no Brasil inteiro. Estão fazendo um bom trabalho lá, com as barreiras sanitárias, vários carros voltando. Mantendo o número de mortes por Covid bem baixo. Então estava perfeito. Era o feriado em Arraial e também o feriado com essa pandemia. Então, a gente retratou isso no nosso vídeo e deixou para a galera, cada um fez o seu comentário lá. Recebemos essas mensagens e ficamos preocupados e com medo', relatou o youtuber.
Em nota, a Polícia Civil informou que de acordo com a 132ª DP (Arraial do Cabo) as investigações estão em andamento para apurar as circunstâncias do fato. Agentes já realizam diligências que possam auxiliar nas investigações
A Prefeitura de Arraial do Cabo informa repudiar as ameaças e retaliações sofridas pelo casal de youtubers, Marcos Vaz e Ines Lafosse e afirma ter se colocado a disposição dos digitais influencers. 

Comentários