Rinotraqueíte felina, a gripe dos gatos

As temperaturas mais frias do inverno, quase sempre acompanhadas de ar seco, contribuem para o surgimento de doenças respiratórias

Por Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana , Larissa Sant'Ana

Gato pode ter bronquite
Gato pode ter bronquite -
As temperaturas mais frias do inverno, quase sempre acompanhadas de ar seco, contribuem para o surgimento de doenças respiratórias - e isso vem desde antes da pandemia do novo coronavírus. Com os animais, não é diferente. Os gatos, por exemplo, ficam mais suscetíveis à rinotraqueíte, também conhecida como gripe felina. A doença é causada pelo HVF-1, um herpesvírus responsável pela maioria das infecções respiratórias nos bichanos.

Os sintomas são semelhantes ao da gripe humana: crises de espirros, secreção nasal e ocular, dificuldade de respirar, inflamação dos olhos, excesso de remelas, lesões na boca, língua e lábio, além de tosse, em casos isolados.

Apesar de, normalmente, não ser fatal quando tratada da forma correta, a doença causa bastante desconforto ao gato.

A qualquer sinal da doença, um veterinário de confiança deve ser procurado. Com o diagnóstico confirmado, o tratamento pode ser feito com antivirais, colírios, antibióticos, oxigenoterapia e suplementação alimentar. Tudo vai depender do quadro e do histórico do bicho. Os sintomas se amenizam após dez dias de tratamento.

Por se tratar de uma doença considerada altamente contagiosa - o gato pode se contaminar pelo contato com a secreção e até objetos de outro infectado, como brinquedos e cama -, o mais indicado é que, durante o período de recuperação, o contato do animal doente com outro saudável seja evitado. Isso impede a disseminação do vírus. Porém, a melhor forma de prevenção da doença continua sendo por meio da vacina quádrupla, mais conhecida como V4.

Bicho do leitor: conheça a cadelinha Nina

Bicho do leitor: Nina - Arquivo pessoal

Nina tem 11 anos. Ela foi encontrada, ainda filhote, embaixo do tanque da casa de Lydia, hoje com 85 anos. A cadelinha faz companhia para sua dona e a ajuda avisando quando o telefone ou a campainha tocam. As duas torcem para a pandemia acabar logo e poderem ir para o portão acompanhar o que acontece na rua. Que dupla! Quer ver seu bichinho no jornal? Mande foto e um textinho sobre ele para canaldopet@igcorp.com.br.

Cobra pode ser criada em casa?

Ibama deve ser consultado quando se deseja ter cobra como animal de estimação - Reprodução/zoo de brasília

O caso da naja de Brasília, a cobra exótica mantida de forma ilegal que picou um estudante de Veterinária, foi assunto no país nas últimas semanas. Mas será que é permitido ter algum tipo de cobra no Brasil? Sim, as que não são venenosas, como a cobra do milho e a píton. Mesmo assim, é preciso ter autorização do Ibama.

Inverno dá mais fome?

Fome no inverno - Karolina Grabowska/STAFFAGE

Alguns donos acreditam que os bichos precisam comer mais no inverno, uma forma de manter a temperatura corporal. Isso não é verdade. O veterinário Flavio Silva explica que no Brasil as temperaturas são amenas e que caminhas, roupinhas e cobertores - coisas que bichos com donos têm - já são suficientes para manter a temperatura corporal estável. Portanto, não há motivo para mudar a alimentação do pet.

Aplicativo novinho em folha

Foi lançado um novo aplicativo da Cobasi. Agora, as compras online poderão ser monitoradas e os clientes terão o controle de seus pacotes de assinaturas.

Mais comida saudável

A Premier Nattu é a nova linha de alimentos para cães da PremieRpet®. Feitos com ingredientes naturais e proteína de frango livre de antibióticos.

Ração em abrigos é garantida por lei

Ração - Divulgação

A doação de ração para protetores que precisam alimentar seus animais durante a pandemia agora é lei em Niterói. Aprovada pela Câmara, o texto foi idealizado pelo ativista animal Daniel Lessa e apresentada pelo vereador Bruno Lessa. O objetivo é garantir o bem-estar dos bichos e evitar abandonos, que estão mais frequentes com o isolamento. Pessoas físicas ou entidades sem fins lucrativos interessadas em receber doação poderão se cadastrar. A lei vale enquanto durar o estado de emergência da covid-19.

Feira online

Hoje e amanhã acontece a Feira Online da Retoke. O evento contará com apresentação dos bichos da Associação Casa do Cão e Gato, que precisam de um lar, e campanha de vacinação, entre outros. Tudo será transmitido na conta do Instagram @retoke.

Comentários