Campanha de vacinação contra a raiva vai até o dia 19 de dezembro - fotos: divulgação
Campanha de vacinação contra a raiva vai até o dia 19 de dezembrofotos: divulgação
Por O Dia
Publicado 01/11/2020 07:00 | Atualizado 02/11/2020 12:27
O número de postos de atendimento para a campanha de vacinação antirrábica em 2020 está com um reforço de peso: além dos 350 pontos fixos e cinco itinerantes, este ano 11 postos têm atendimento drive thru. O programa Se liga, bicho! Raiva é caso sério vai até 19 de dezembro e cobrirá todo o município para imunizar, segundo estimativa, 500 mil cães e gatos contra a raiva.
A conscientização dos proprietários de animais em manter atualizada a vacina antirrábica é extremamente importante para a saúde coletiva, destaca a médica-veterinária Mônica Valim, coordenadora de Zoonoses da Vigilância Sanitária. "Contamos com a cooperação da população carioca para combater a doença e proteger os caninos e felinos em benefício de toda a cidade. É fundamental também lembrar que a campanha ocorrerá de acordo com as medidas de precaução contra a covid-19, como o uso obrigatório das máscaras e a garantia do distanciamento seguro entre as pessoas", diz. 
Publicidade
A 3ª Etapa no sistema drive thru vai ocorrer nos dias 5, 6 e 7 deste mês nos bairros da Barra da Tijuca, Copacabana, Campo Grande, Deodoro, Guadalupe, Ilha do Governador, Irajá, Madureira, Pavuna, Tijuca e Santa Cruz.

Já o cronograma fixo e volante será nos bairros de Madureira, Guadalupe, Jacarepaguá e Barra será nos dias 6 e 7. No site http://www.rio.rj.gov.br/web/vigilanciasanitaria/exibeconteudo?id=11763663 é possível acompanhar todo o calendário.

Vacina antirrábica

A campanha antirrábica animal é feita com a vacina distribuída pelo Governo Federal aos estados, que fazem o repasse aos municípios. Em 2019, porém, o insumo não foi entregue inviabilizando a campanha. Mesmo sem o repasse de vacinas, o município do Rio imunizou no ano passado mais de 33 mil animais com a reserva técnica de doses da campanha de 2018. Em 2020, a Vigilância Sanitária começou o ano com cerca de mil vacinas mantidas em estoque, para a necessidade de um trabalho perifocal, que são atuações preventivas em que a prefeitura promove a vacinação em regiões onde há casos de morcegos contaminados.

O que é a doença?

A raiva é uma doença infecciosa viral aguda, fatal tanto para animais quanto para humanos. A transmissão ocorre por meio da saliva de animais infectados, principalmente por mordidas, mas também podem ocorrer via arranhões e lambidas desses animais.

Em março, o Estado do Rio de Janeiro registrou a primeira morte por raiva humana do Rio de Janeiro desde 2006, com o caso de um adolescente de 14 anos, que foi mordido por um morcego em Angra dos Reis. No município, não há ocorrência de raiva humana desde 1986 (há 34 anos) e de casos da doença em cães e gatos desde 1995 (há 25 anos). Todos os dados referentes às ações de profilaxia e controle da doença são atualizados e disponibilizados no site da Vigilância Sanitária.