Alegria no Ar
Coluna
Alegria no Ar
Com Fernando Mansur

Solidão

Fazemos parte de um tesouro inestimável chamado família humana e estamos sempre de braços abertos para nos aconchegar

Por O Dia

Como podemos nos sentir sozinhos, se somos uma unidade?
Fazemos parte de um tesouro inestimável chamado família humana; e mais que humana, pois nossa família abrange toda a Natureza, sempre de braços abertos para nos aconchegar.
Assim, se nos sentimos sós é porque estamos temporariamente desconectados de nossa essência, negligenciando nosso DNA Crístico, que perpassa o tecido de todo o cosmos.
Abrace uma árvore, abrace um irmão, abrace uma pedra, abrace a si mesmo, mergulhe nas águas sagradas de um rio, mar, lagoa ou cachoeira, para você sentir que está acompanhado da mais pura energia da manifestação.
Somos divinos, pequenos deuses esquecidos da nossa origem. Existirá remédio para recuperarmos essa memória parcialmente apagada pelo tempo? Sim, a lembrança do amor.
O amor é a fonte do equilíbrio. Se não pudermos amar integralmente, podemos resgatar esse sentimento em pequenas porções diárias, em conta-gotas, todo dia praticando um pouquinho, um dia de cada vez, até nos percebermos inebriados pelo sentido da Unidade. Nesse momento não saberemos mais quem
somos nós e quem é o outro, e essa é a verdadeira felicidade que todos estão buscando, sem se darem conta.
Podemos!
Vamos!
Fernando Mansur é radialista, escritor e professor jornalista

Comentários