Pets braquicefálicos com tutores fumantes sofrem mais com a fumaça do cigarro - Reprodução Internet
Pets braquicefálicos com tutores fumantes sofrem mais com a fumaça do cigarroReprodução Internet
Por O Dia
Na próxima quinta-feira é comemorado o Dia Nacional de Combate ao Fumo. E você deve estar se perguntando o que esse assunto está fazendo em uma coluna sobre bichos. Vou explicar. É que animais que convivem com tutores que fumam se tornam fumantes passivos, da mesma forma que acontece com os humanos. É o que revele o veterinário Jorge Morais, fundador da rede Animal Place.
Asma, bronquites, broncopneumonia, cardiopatias, câncer no pulmão e diminuição de capacidade respiratória são alguns dos problemas de saúde que os animais de estimação podem desenvolver quando convivem com tutores tabagistas.
Publicidade
Tosse e dificuldades para respirar são os principais sintomas. No caso da insuficiência cardíaca, os pets podem apresentar falta de apetite e de energia para brincar ou passear e eventualmente até desmaios.
Os sintomas do câncer de pulmão não diferem muito dos citados acima. Mas a doença pode se manifestar de uma forma bem sutil e ser percebida somente quando o estado do animal for grave.
Publicidade
Animais que convivem com tutores que fumam se tornam fumantes passivos - Reprodução Internet
Segundo Morais, os braquicefálicos (de focinhos achatados como pug e bulldog) pela própria anatomia, sempre sofrem mais com as doenças respiratórias mas, em geral, o fumo passivo faz mal a todas as raças e animais.
Publicidade
Fumar distante do pet e manter o ambiente aberto, com boa circulação de luminosidade e ar são as dicas para ajudar a minimizar os efeitos do cigarro, mas o ideal é parar de fumar, não é, até porque essa alterações respiratórias podem resultar em complicações e levar o pet à morte.

Publicidade
PETISCOS SABOR DA AMAZÔNIA
Petitos Sabores da Amazônia - Divulgação
Publicidade
Pet Sensations Sabores da Amazônia é um dos novos sabores de Petitos, empresa de petfood brasileira que aposta na nutrição saudável para os peludos. São bifinhos da linha Premium recheados com ingredientes nobres e naturais tendo alecrim como conservante. Mais em petitos.com.br.
 
Publicidade
CAMPANHA RIO ECO PETS NA ALERJ
A Comissão de Defesa e Proteção dos Animais da Alerj disponibilizou um ponto de coleta de tampinhas de embalagens para o projeto Rio Eco Pets, que vende o material para pagar a castração de animais de rua. Uma urna fica na entrada da assembleia e outra, na sala 313. A Alerj fica na Rua Primeiro de Março, no Centro do Rio.
Publicidade
PRIMEIRO ENCONTRO PET FRIENDLY EM RESENDE
O Resende Shopping, em Resende, Região Sul fluminense, agora é pet friendly. E, para celebrar a novidade, promove o 1º Encontrinho Pet, das 15h às 18h, no piso L2 da Torre II. Haverá música, distribuição de brindes, guloseimas; mural para fotos e a participação dos fotógrafos Sérgio Yago e Elaine Campos, do Estúdio Bellafoto, além da participação da veterinária DialaTrepin esclarecendo dúvidas sobre a saúde dos pets e dicas de adestramento com a especialista Sarah Stagi. Av. Saturnino Braga 369, Centro.
Publicidade
 
  
Publicidade
ME LEVA?!
Alba está no Paraíso dos Focinhos esperando por um lar - Divulgação
Publicidade
Oi, sou Alba, uma gatinha carinhosa que vai prender você dentro do coração. Tenho 3 anos, sou saudável, castrada e vacinada. Estou no Paraíso dos Focinhos esperando um lar. Quer me levar? É só fazer contato pelo [email protected]
 
Publicidade
QUEIMADA. A Amazônia, maior floresta tropical do mundo, está gravemente ameaçada. E isso gera risco para todos nós porque afeta o equilíbrio climático do planeta. A destruição da Amazônia contribui seriamente para o aprofundamento da atual crise climática! E o Greenpeace tem várias ações para a causa. Saiba como ajudar em greenpeace.org/brasil/