Campanha pela vida

Abaixo-assinado pela vida

Por O Dia

Maus-tratos a animais
Maus-tratos a animais -

'Diga não ao assassinato de animais resgatados'. É com essa frase dita por Rita Lee que começa um vídeo que circula nas redes sociais para divulgar abaixo-assinado contra o pedido para derrubar uma liminar que impede o sacrifício de animais vítimas de maus-tratos. O documento foi criado pela protetora Andréa Lambert, que se disse chocada ao ter a informação que o pedido havia sido enviado ao STF por André Mendonça, que era chefe da Advocacia Geral da União (AGU). "É um grande retrocesso para a causa animal. Não podemos aceitar uma política pública pela morte, a União deve preservar a vida", afirma Andréa. A adesão ao abaixo-assinado foi grande e rápida, em menos de uma semana já havia recolhido mais de 150 mil assinaturas. A divulgação continuará por mais uma semana, então o próximo passo será encaminhá-lo aos ministros do Supremo. Andréa acredita que com o abaixo-assinado será possível mostrar às autoridades que a sociedade não aceita a morte de animais resgatados e que o poder público deve cuidar deles, e não exterminá-los.

Higiene sempre

Lavar o comedouro e bebedouro, os brinquedos e as caminhas dos bichos evita a proliferação de bactérias e melhora a saúde deles.

Saúde começa na boca

Ração de qualidade e frutas são indicadas por veterinários para manter a saúde e bem-estar do bicho. Respeite as necessidades de casa pet.

Quando o passeio é necessário

Passear com o cão exige cuidados - Divulgação

Levar o cão para passear ainda é uma tarefa que pode ser feita em tempos de pandemia do novo coronavírus. Porém, a atividade deve ser rápida e apenas para as necessidades fisiológicas do bicho. Alguns cuidados devem ser tomados para a segurança de toda a família, são eles: apenas uma pessoa acompanhar o cão; sair nos horários de menor movimento; evitar a aproximação de outras pessoas ou animais; evitar que o bicho lamba qualquer coisa. Na volta, fazer a higienização das patas com água e sabão (não utilizar água sanitária, álcool em gel ou desinfetante para isso) e secar bem as patas do cão para evitar doenças de pele.

Cão que lambe muito

Sabia que o cão se lambendo muito pode ser sinal de estresse? O ato libera compostos químicos que trazem sensação de prazer, mas pode causar perda de pelos e lesões. Atenção e atividades para o bicho podem evitar o problema.

Comentários