O que fazer para ser Fuzileiro Naval

Saiba mais sobre a carreira dos combatentes da Marinha e como ingressar

Por FRANCISCO ALVES FILHO

Fuzileiros Navais - Divulgação
Fuzileiros Navais - Divulgação -

Entre os vários caminhos de ingresso na carreira militar está o corpo de Fuzileiros Navais. Antes de fazer essa opção, no entanto, é preciso entender o que fazem esses soldados, qual a diferença para outros militares e como é se dá o acesso. 

O que difere o Fuzileiro Naval do marinheiro é o fato de ter a função exclusiva de combate. Por isso, além de prestar um concurso, quem quiser exercer essa função terá de passar por exames físicos rigorosos.

Para ingressar, é necessária a aprovação em um concurso aberto todos os anos pela Marinha, para o Curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais. Os aprovados recebem treinamento durante 17 semanas, sendo considerados aspirantes e, após a formação, se tornam Fuzileiros Navais. São oferecidas, aproximadamente, 1860 vagas, divididas em 6 estados brasileiros. É preciso levar em conta que o regime do quartel é bastante rigoroso   (Leia também: os prós e contras da carreira militar) . Veja o que é necessário para se tornar um Fuzileiro Naval:

Podem se inscrever no concurso homens, com idade entre 18 e 21 anos e altura entre 1,54 e 2 metros. É necessário ter nível fundamental completo, não ter tatuagens visíveis com o uso dos uniformes de serviço ou com desenhos ofensivos e incompatíveis com o perfil militar (exemplo: suástica, pornografia, etc). Além disso, não podem se inscrever jovens com qualquer tipo de deficiência ou contraindicação médica, de acordo com os padrões psicofísicos da Marinha, divulgados simultaneamente com o Edital.

As inscrições se iniciam, geralmente, no primeiro trimestre de cada ano e devem ser feitas no site da Marinha. São duas turmas para o Curso de Formação abertas ao longo de cada ano, uma no primeiro e outra no segundo semestre.

Durante o curso de formação, o aspirante a Fuzileiro Naval recebe uma bolsa auxílio no valor de R$ 642,00. Após a conclusão do curso e da nomeação de soldado, o valor recebido passa a ser de R$ 1.587,00.

Etapas do concurso

Os candidatos à vaga no curso de formação para Fuzileiro Naval precisam passar por 6 etapas de um concurso:

1- Exame de escolaridade

Consiste em uma prova, de caráter eliminatório e classificatório, com 50 questões de Língua Portuguesa e Matemática.

2- Verificação de dados biográficos

Nessa etapa, uma pesquisa é feita pela Marinha ao histórico de vida do candidato, junto às Secretarias de Segurança Pública e Superintendências da Polícia Federal. O objetivo é descobrir se houve alguma conduta imoral por parte do possível aspirante a Fuzileiro Naval, a fim de eliminar os que, em algum momento, deixaram de cumprir com os deveres públicos.