Conheça a remuneração da Marinha em 2019

Saiba quanto vão ganhar os marinheiros a partir de janeiro

Por FRANCISCO ALVES FILHO

Oficiais da Marinha
Oficiais da Marinha -

O fim do ano está próximo e com a mudança de calendário vai mudar também a remuneração dos integrantes das Forças Armadas. A tabela de 2019 já é conhecida e a coluna hoje vai tratar do soldo da tropa da Marinha. É importante destacar que além da remuneração básica de que trataremos aqui, os militares profissionais ganham também gratificações e adicionais por diferentes motivos. Os valores informados a seguir são apenas a remuneração básica. (Veja também: Os melhores postos de nível superior da carreira militar)

O soldo inicial é o do recruta e do cabo não engajado, que no ano que vem será de R$ 956,00. Os que tomam a decisão de se engajar passarão a receber R$ 1.560,00. O primeiro quadro de praças tem o maior soldo para a função de taifeiro de 1ª classe: R$ 2.325,00.

Entre as praças graduadas, acima do cabo não engajado, a tabela começa com o cabo engajado e o taifeiro-mor, que têm remuneração de R$ 2.627,00. Nesse grupo, a remuneração mais alta é a do suboficial e do subtenente, que recebem R$ 6.169,00.

No patamar de praças especiais, o soldo mais baixo é o de Aprendiz-Marinheiro, que tem remuneração de R$ 981,00. A faixa a seguir é dos aluno dos Colégio Naval, Escola Preparatória de Cadetes e dos grumetes: R$ 1.044,00. A maior remuneração nesse caso é paga aos Aspirantes e aos Guardas-Marinha, que têm soldo de R$ 6.993,00.

Remuneração da Marinha em 2019 (2)

Entre os oficiais, o menor soldo é dos subalternos. O Segundo-Tenente receberá 7.490,00. O Primeiro-Tenente ganhará R$ 8.245,00. Entre os oficiais intermediários, o soldo de Capitão e Capitão-Tenente será de R$ 9.135,00. No caso dos oficiais superiores, o ganho básico é do Capitão de Corveta, que vão passar a receber 11.088,00, e vai até o Capitão-de-Mar-e-Guerra, R$ 11.451,00. O último posto é o de Almirante, que a partir de janeiro do ano que vem vai passar a ter remuneração de R$ 13.471,00. É preciso lembrar: não estão incluídos adicionais e gratificações.

 

Nota máxima para a FGV EMAp

A Escola de Matemática Aplicada da Fundação Getulio Vargas (FGV EMAp), em sua primeira avaliação, conquistou nota máxima (5,0) na avaliação do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), por sua classificação nos resultados do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2017. Cinquenta e três escolas de bacharelado em matemática no Brasil fizeram o Enade 2017.

 

Boa sorte no Enem

A coluna deseja um bom desempenho a todos os que estão inscritos nas provas do Enem, que serão aplicadas hoje. Depois de tanto tempo de preparação, resta ter calma e não deixar que o clima de stress prevaleça. Lembre-se: o objetivo não é passar no Enem, mas dar o melhor de si.

Se tiver a certeza que deu o melhor de si, passar ou não passa é apenas consequência. Se não passar, tenta de novo!

 

UNIÃO FAZ A FORÇA.

"O talento vence jogos, mas só o trabalho em equipe ganha campeonatos", Michael Jordan, ex-jogador de basquete americano, considerado por muitos como o melhor de todos os tempos.

Comentários