Alterações na apólice agora podem ser feitas diretamente pelo aplicativo

Youse, plataforma de venda de seguros online da Caixa Seguradora, é a primeira empresa a adotar esse tipo de método no país

Por Herculano Barreto Filho

Setor de seguros passa por reformulação com o auxílio de novas tecnologias
Setor de seguros passa por reformulação com o auxílio de novas tecnologias -
Rio - A integração entre o mercado de seguros e as novas tecnologias parece ser um caminho sem volta. A Youse, plataforma de venda de seguros online da Caixa Seguradora, agora permite que o cliente faça alterações na sua apólice diretamente pelo aplicativo. A empresa é a primeira do setor no país e adotar esse tipo de método. Um avanço em relação a um atendimento que antes dependia do apoio da central de atendimento.
A novidade já está disponível no aplicativo para o Seguro Auto Youse. Só é preciso acessar os detalhes para a apólice e editar informações como endereço e troca de veículo. "Com essas novas funções, o cliente tem maior autonomia. Queremos fazer com ele seja dono de suas escolhas e possa personalizar o seu seguro de acordo com suas necessidades", diz Bruno Mascarenhas, gerente de Produtos Mobile da Youse.
ARRECADAÇÃO DE R$ 59,9 BILHÕES ATÉ MARÇO
Os números do setor segurador foram positivos no primeiro trimestre deste ano. A arrecadação no período avançou 5,9% em comparação aos três primeiros meses de 2018. Entre janeiro e março deste ano, chegou a R$ 59,9 bilhões (sem Saúde e Seguro DPVAT). Os ramos que mais cresceram foram dos seguros Marítimos e Aeronáuticos (61,5%), de Créditos e Garantias (46,8%) e dos Patrimoniais (13,2%). A recuperação está relacionada ao crescimento de ramos de seguros que continuam mais resistentes à estagnação de negócios gerada pelo baixo crescimento econômico.
Os dados de mercado constam da nova edição da publicação Conjuntura CNseg. Em editorial, Marcio Coriolano, presidente da Confederação Nacional das Seguradoras (CNseg), diz que os dados são promissores. "Cabe ressaltar a grande contribuição do segmento de Danos e Responsabilidades para esta reação na taxa anualizada, tendo em vista o crescimento dessas modalidades, de 7,7%, nesse período".
TÍTULOS DE CAPITALIZAÇÃO
O setor de Títulos de Capitalização, que oferece soluções de negócios com sorteios para pessoas físicas e jurídicas, também teve crescimento no primeiro trimestre do ano, conforme levantamento da Federação Nacional de Capitalização (FenaCap). A distribuição de prêmios em sorteios avançou 11,2% em relação ao primeiro trimestre de 2018, alcançando R$ 284 milhões, entregues a clientes de todo o país.
WORKSHOP COM TRANSMISSÃO ONLINE
A partir das 9h de quinta-feira, será possível acompanhar a quarta edição do Workshop de Regulação e Análise de Impacto Regulatório (AIR), promovido pela FenaSaúde. O evento, que contará com a participação de especialistas e acadêmicos sobre a liberdade econômica, será transmitido gratuitamente pela internet.

Comentários