Componentes falam em favoritismo da Beija-Flor

'O bicampeonato vem aí', disse uma empresária

Por RAFAEL NASCIMENTO

Empresária crê no bicampeonato da Beija-Flor
Empresária crê no bicampeonato da Beija-Flor -

Rio - Os primeiros componentes da Beija-Flor de Nilópolis atravessaram a linha da Apoteose com 42 minutos de desfile. Com o enredo na ponta da língua os foliões cantavam e comemoravam. A empresária Dulcineia Cannova, de 42 anos, era uma das componentes mais empolgadas. Nascida no Brasil, mas morando na Suíça há mais de 10 anos, a mulher diz que a Beija-Flor é a favorita para levar o campeonato.

"Vim da Suíça para o Brasil, apenas, para desfilar. A Selminha, a Raisa, a escola estão impecáveis. Vamos levar pelo segundo ano consecutivo. O bicampeonato vem aí", disse.

"Fizemos bonito. Está disputado e esperamos levar", disse a porta-bandeira Selminha Sorriso, que junto do mestre-sala Claudinho se apresentaram para os foliões que estavam no setor 13.

O bailarino Anderson Peter Nascimento, 37 anos, considerou o saldo positivo. "Ralamos para colocar a comissão de frente na Avenida. Foi extremamente diferente e grandioso. Foi rebuscado. Eu estou na Beija-flor há 10 anos. Fizemos os melhores e viemos com um trabalho para levar o prêmio. Não vence quem acerta mais. Vence quem minimiza o erro", afirmou.

Galeria de Fotos

Empresária crê no bicampeonato da Beija-Flor Rafael Nascimento / Agência O Dia
Anderson (de coelho) acredita no bicampeonato da Azul e Branco de Nilópolis Rafael Nascimento / Agência O Dia

Comentários