Fluminenses se dividem sobre 'melhor lugar' para assistir aos desfiles

Ajudante de caminhão defende arquibancada popular e técnica de enfermagem é taxativa quanto a ver as escolas da Sapucaí

Por Beatriz Perez

Ajudante de caminhão Caíque segurou placa com 'nota' 10 para os defiles
Ajudante de caminhão Caíque segurou placa com 'nota' 10 para os defiles -

Rio - O ajudante de caminhão Carlos do Nascimento, o Caíque, 50 anos, vem de Nova Iguaçu assistir aos desfiles há vinte Carnavais. "Venho todo domingo e segunda de Carnaval e só saio de manhã", diz, da arquibancada popular gratuita montada na Avenida Presidente Vargas. Caíque afirma que o local é até melhor do que a Sapucaí. Segurando uma nota 10, lembrando Jorge Perligeiro, ele faz graça na arquibancada. "Dez, nota dez! O Carnaval do Rio é o melhor do mundo", defende.

A técnica de enfermagem Sandra Agostinho, 68, discorda de Caíque. "Não tem comparação (assistir na Presidente vargas e na Sapucaí)". Ela conta que, no domingo, foi no Setor 3, pagando R$ 100 reais na meia-entrada. "Aí o dinheiro acaba e a gente vem aqui", conta. Ela faz coro à crítica que a São Clemente traz neste domingo, sobre a elitização da Avenida. "Só consegui ir no domingo por pagar meia. Curto um dia lá e outro aqui", revela.

Comentários