Trovão na bateria do Salgueiro

Furiosa inovou com paradinhas e surpresas que acompanhavam a letra do samba

Por O Dia

Rio - Ovacionada pela arquibancada, a bateria Furiosa do Salgueiro, comandada pelos estreantes mestres Gustavo Oliveira, 27 anos, e o irmão Guilherme Oliveira, 33, que substituíram a hegemonia de 15 anos de mestre Marcão, inovou com um efeito de 'trovão' para marcar a primeira estrofe do samba-enredo. "A bateria foi acompanhando a melodia do samba.

Nesse momento, todo mundo parava, todos os instrumentos juntos, e respondiam junto com o samba". "Foi maravilhoso estrear daquela forma. Como assumimos em dezembro, com a nova gestão, foram dois meses intensos de ensaio. Tivemos que chamar a galera pra gente, reorganizar as coisas", disse Gustavo.

Comentários