Mais Lidas

Porta-bandeira da Mocidade passa mal na Avenida

Componente teve queda de pressão durante passagem da agremiação

Por RAFAEL NASCIMENTO

Porta-bandeira precisou ser amparada na Avenida
Porta-bandeira precisou ser amparada na Avenida -

Rio - Componentes da Mocidade Independente de Padre Miguel, última escola a entrar na Avenida, nesta segunda-feira, levaram um susto com a porta-bandeira Cristine Caldas. Ela desfilava pela Verde e Branca da Zona Oeste quando passou mal, tendo um pico de pressão na pista.

Cristine se agachou na pista e precisou ser levantada por outros integrantes. "Estou bem. Foi muita emoção. Tudo que ensaiamos foi feito. Espero que a escola esteja fazendo um belo desfile". Perguntada sobre qual desfile gostaria de relembrar, ela lembrou de 2009. "Foi meu primeiro ano, gostaria de voltar nesse tempo, eu era muito jovem e gostaria de voltar mais experiente.

Marcinho Siqueira, mestre-sala, respondeu que gostaria de voltar ao ano passado, quando estreou pela agremiação. "Estreei com 40 pontos, foi um ano muito especial. Esse ano também é", afirmou, sorrindo.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários