Posto de Vacinação contra sarampo funciona em dias de desfile na Sapucaí

Meta é vacinar até 600 pessoas, entre trabalhadores e componentes das escolas

Por O Dia

Prefeitura intensifica campanha de combate ao sarampo
Prefeitura intensifica campanha de combate ao sarampo -
Os dias de animação e festa do carnaval tem agitado a cidade. Mesmo assim, o folião não deve esquecer de se prevenir contra o Sarampo. É assim que pensa a Subsecretaria de Promoção, Assistência e Vigilância em Saúde, que, pela primeira vez, oferece no Sambódromo um posto de vacinação. Em funcionamento desde ontem, o local atende nesta segunda das 17h Às 23h, no estande da Subsecretaria de Vigilância Sanitária, no Posto 7.
De acordo com a secretaria, a meta é vacinar de 500 a 600 pessoas por dia. O foco são as pessoas que trabalham na Sapucaí, mas componentes das escolas de samba que procurarem o posto também serão vacinados. Neste ano, mais de 370 mil pessoas foram vacinadas contra o sarampo no município.
Além do Sambódromo, postos extras de vacinação funcionam hoje e amanhã na Entrada da estação Jardim Oceânico, na Barra da Tijuca, e também na Praça Antero de Quental, no Leblon das 8h às 12h. De acordo com Luciane Bragança, médica da Subsecretaria de Promoção, Assistência e Vigilância em Saúde, a importância da vacinação no Carnaval está na alta taxa de contágio da doença.
“Com as grandes aglomerações nesta época, o risco de contaminação aumenta. Se houver exposição ao vírus, a vacina pode proteger para que a pessoa não adoeça, se for tomada até 3 dias após a exposição”, explica Luciane.
Outra campanha de prevenção que ocorre no Sambódromo é a distribuição de preservativos no Sambódromo, para o público curtir o Carnaval com proteção. Também participam do projeto de prevenção as praias e a Rodoviária Novo Rio. A expectativa é de que 3,5 milhões de preservativos sejam distribuídos.
A Sapucaí ainda conta com sete postos médicos, com apoio de 60 ambulâncias avançadas. Os foliões que desfilam nos blocos de rua contam com estrutura de atendimento da Prefeitura. São quatro postos médicos nos corredores que concentram os blocos com o maior público, no Centro e Zona Sul, e outros quatro operados pela Riotur.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários