10 dicas para mães que trabalham em home office

Confira maneiras de tornar produtivo sua jornada mais produtiva em casa

Por Aventuras maternas

A LifeStyle Coach Daniella Vergara durante sua jornada em casa -

Rio - Histórias de mães que mudaram a carreira após a chegada dos filhos já representam uma realidade para mais de metade das mulheres que tiram licença-maternidade, após o primeiro ano dos filhos, segundo pesquisa da Escola Brasileira de Economia e Finanças da Fundação Getúlio Vargas. Algumas são mandadas embora pelas empresas onde trabalham, outras pedem demissão com o objetivo de ficar mais perto dos filhos, mas, em nenhum dos casos, isso significa que elas param de trabalhar. Na realidade, começam a empreender!

E os números são altos! Já são mais de 7,3 milhões de mulheres que empreendem no Brasil, segundo dados do Sebrae. Mais de 70% são mães e encontram, nos seus negócios, uma maneira de conciliar família com trabalho. E, segundo uma pesquisa feita com 200 mulheres do ramo publicada no livro ‘Minha mãe é um negócio - Histórias reais de mulheres que abriram a própria empresa para ficar perto dos filhos’ (Ed. Saraiva), das jornalistas Patricia Travassos e Ana Claudia Konichi, 58% destas mulheres trabalham em casa, em regime de home office.

O especialista em teletrabalho e trabalho à distância, o engenheiro Alexandre Borin, explica que o home office é cada vez mais uma realidade no Brasil e no mundo por uma série de fatores, como anseio por melhor qualidade de vida, evitando tempo em congestionamentos e transporte público de má qualidade; e reduzindo gastos com transporte e alimentação. Porém, ele alerta: trabalhar em casa não é, necessariamente, adequado a todas as pessoas. “Há quem goste mais do silêncio para trabalhar e há quem goste mais da agitação de um escritório grande e cheio de pessoas, é importante identificar seu perfil”.

Para aquelas que se tornam donas do próprio negócio e preferem ficar mais perto dos filhos, fomos atrás de dicas de mães que já empreendem e especialistas para lidar melhor com essa nova rotina. Confiram:

1 - Organizar o tempo

"Uma das sugestões para o trabalho home office é tentar planejar horários, tanto para o trabalho, quanto para dar atenção à criança. Se a criança conseguir compreender, melhor ainda, pois é possível combinar com ela os momentos em que a mamãe estará 100% disponível para dar atenção", sugere Marianna Rocha, mãe e dona da loja de lingeries para amamentação A Amor de Leite.

2. Planejar as atividades

"Organizar as tarefas com, pelo menos, dois ou três dias de antecedência, dando atenção especial às atividade que tiverem prazo. E antecipar o que for possível para evitar imprevistos", explica Joana D'arc Sousa, mãe, Coach e Consultora de Organização Pessoal e Produtividade.

3. Capacite-se e amplie a sua visão

"Quando decidimos realizar algo novo, precisamos abrir nossas mentes para nos tornarmos capazes de pensar diferente, de encontrar oportunidades que jamais fomos capazes de ver. Por isso, a importância de ir em busca de conhecimento, seja ele gratuito, através de vídeos no youtube, seja através de livros, ou cursos online. Você realmente precisa ampliar suas possibilidades para estar capacitada a empreender e vencer os desafios diários, mesmo sem sair de casa”, indica Daniela Vergara, mãe e LifeStyle Coach.

4. Começar no domingo

“Sempre organizar a semana no domingo, colocando compromissos que envolvam ir para a rua para os mesmos dias e planejando as rotas mais práticas. E todos os dias, antes de dormir, bater a agenda. Isso já dá uma organizada na mente e tranquilidade para seguir”, sugere Bárbara Stock, mãe empreendedora.

5. Tornar o ambiente confortável

“Se for muito calor, instale um ar condicionado; se for muito frio, um aquecedor. Utilize uma cadeira que não gere dores no corpo. Se for do agrado, utilize algum aromatizador de ambiente que deixe um cheirinho agradável no ambiente. Invista também em boa iluminação. Quanto melhor for a iluminação, maior será a sua disposição para produzir. Já sabemos que luz baixa e escura dá sono e uma preguiça”, alerta o especialista Alexandre Borin.

6. Ter foco

"Fazer uma coisa de cada vez. Se está no momento de trabalho, não cuide da casa e vice-versa. É importante também focar em si mesma: ter um momento diário para olhar para si e fazer o que quiser. Se não for possível ser diário, que seja pelo menos semanal e planejado", destaca Joana D'arc Sousa.

7. Busque rede de apoio

“Converse com sua família e veja se alguém pode ficar com as crianças para ganhar mais um tempinho extra para o trabalho ou para se aprimorar. E deixe claro para todos da sua casa que você está trabalhando. Pois é muito comum confundirem trabalhar de casa com trabalhar para a casa”, alerta a LifeStyle Coach Daniela Vergara.

8. Organizar um bom cardápio

"Hoje, a busca pela alimentação saudável é algo muito importante para toda a família. Contudo, nem todo mundo consegue realizar esse tipo de alimentação. E para quem trabalha em casa, é importante manter uma boa organização do que irá consumir ao longo da semana. Por exemplo, aqui em casa não pode faltar o arroz e feijão. Arroz eu faço todo dia, para servir fresquinho, e além disso o preparo é rápido. Mas feijão eu cozinho e congelo. Deixo o meu cardápio pronto para 15 dias, para simplificar, e depois eu mudo. Se tentar fazer de maneira sofisticada no início, vai ter problema, porque primeiro o hábito precisa ser formado", conta Patricia Marinho, coach de mães empreendedoras, Psicopedagoga.

9. Ter um espaço físico específico para o trabalho

“Isole o seu cômodo de trabalho e eduque a sua família sobre o seu trabalho. Hora de trabalhar é hora de trabalhar e o local destinado na sua casa para seu trabalho deve ser respeitado por todos. Pode ser um cômodo inteiro ou uma parte da sala ou um cantinho em um dos quartos ou um espaço em algum corredor, mas o que não é dá para todo mundo ficar entrando a todo instante no seu local de trabalho e interrompendo suas atividades”, enfatiza Alexandre Borin.

10. Manter o almoço e café com amigos

“Não é porque está trabalhando em casa que também não vai mais almoçar fora nunca. Eventualmente, marque almoços ou cafés com seus amigos e amigas para sair um pouco do home office e da rotina com os filhos e espairecer”, finaliza Alexandre

Últimas de DMulher