Estímulo ao aprendizado: dia Mundial da Alfabetização

Por *Aventuras Maternas

Professora do CEL estimula o aprendizado em criancas do Fundamental - coluna Aventuras Maternas
Professora do CEL estimula o aprendizado em criancas do Fundamental - coluna Aventuras Maternas -

Hoje é comemorado o Dia Mundial da Alfabetização para estimular o aprendizado em vários países. Mas, infelizmente, não há muito a celebrar no Brasil. Esta semana, o MEC divulgou os resultados do último Ideb, principal indicador de qualidade da educação brasileira e no estudo, o Estado do Rio, ficou abaixo do mínimo estipulado em todas as etapas de escolarização.

Para melhorar a educação de uma forma geral, é preciso valorizar um ensino de qualidade já nos primeiros anos. "Os baixos índices atingidos no Ensino Médio são consequência de um ensino fundamental e educação infantil já com problemas sérios. No final da educação básica os problemas só tendem a ser agravados", pontua Deysiane Farias Pontes, coordenadora educacional da Província Marista Brasil Centro-Norte. Mas como mudar esse quadro? A seguir, algumas dicas de educadores sobre o assunto.

A importância da Base: "Ter uma base consistente vai permitir que a criança consiga desenvolver melhor todo o seu potencial", explica Denisse Amicucci, coordenadora do CEL. Ela lembra ainda que, se a criança parte já do 1º ano mal alfabetizada, vai carregar essa dificuldade nos anos seguintes e enfrentar obstáculos no aprendizado.

Sonia Maria Braga, diretora do Meimei Escola Montessoriana, completa: "É nos primeiros anos, chamados anos de formação, que se deve iniciar uma educação de excelência, quando a criança está com todos os sentidos abertos para absorver o que o ambiente lhe oferece".

A internet como aliada para alfabetização: "Com a orientação de um responsável, a internet pode ajudar. Há milhares de jogos que podem ser usados como fixação de conteúdos e de pesquisas", diz Claudia Fernanda Fonseca Almeida, professora do Colégio Atenas, que indica canais do YouTube como Alfabetização Silábica e Palavra Cantada.

O papel dos pais: "Peça que a criança escreva bilhetes, listas, historinhas. Encoraje-a a aprender sempre mais, a ler, pesquisar, a ser curioso", diz a coordenadora do CEL.

Comentários

Últimas de DMulher