Conferência Municipal de Saúde de Duque de CaxiasDivulgação

Duque de Caxias - A cidade da Baixada Fluminense realizou a 1° Conferência Municipal de Saúde Mental. Promovida pela Secretaria Municipal de Saúde, através do Departamento de Atenção à Saúde Mental, o evento marcou a retomada das conferências e se destaca por ser um momento importante para o estudo da área na cidade. O encontro municipal antecede as etapas regionais e estaduais, onde serão aprovadas as propostas encaminhadas à V Conferência Nacional de Saúde Mental, que acontecerá em Brasília, entre os dias 17 e 20 de maio.
Duque de Caxias conta com 12 vagas para a etapa regional que foram preenchidas por representantes do município, gestores, profissionais e usuários, podendo estes também concorrer a vaga de delegado para a Conferência Estadual e depois a Nacional. Caberá a esses representantes levar as propostas elaboradas na Conferência Municipal.

“Estarei presente na próxima etapa regional, reafirmando o nosso compromisso com o debate democrático na defesa das propostas para a Saúde Mental municipal, pautadas em uma política de Saúde Mental humanizada e na garantia de direitos, conforme preconiza a Reforma Psiquiátrica”, declarou Alessandra Andrade, diretora do Departamento de Atenção à Saúde Mental do município.

Atenção à Saúde Mental em Duque de Caxias

A rede pública de saúde no município de Duque de Caxias dispõe de espaços de acolhimento, com demanda livre e/ou por encaminhamento. Esses espaços contam com equipes multiprofissionais, compostas por médicos, psicólogos, assistentes sociais, enfermeiros, terapeutas ocupacionais, entre outros. A Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) de Duque de Caxias conta com as unidades CAPS AD, CAPSIJ, e CAPS adulto.
Para atender usuários de álcool e outras drogas, além de pacientes com transtornos mentais, a rede de Atenção Psicossocial disponibiliza os programas de Saúde Mental nos quatro distritos do município. Os programas são oferecidos nas UPHs (Unidades Pré Hospitalares) de Campos Elíseos, Equitativa, Pilar, Saracuruna, Imbariê e Xerém, além do Centro de Atenção Total ao Adolescente (CEATA) e Centro Municipal de Saúde (CMSDC).
A comissão organizadora do evento foi instituída por Josi Honorato, Coordenadora de Projetos e Ações do Departamento de Saúde Mental; Joyce Lima, Assistente do Departamento de Saúde Mental; e Luis Antônio Campos, presidente da comissão. A iniciativa reuniu mais de 150 pessoas, entre profissionais que atuam na rede de Saúde Mental de Duque de Caxias e municípios vizinhos, representantes da sociedade civil, usuários da rede, autoridades municipais e estaduais, com destaque para Daniel Elia, coordenador de Saúde Mental da Secretaria Estadual de Saúde; Dr. Dalmir Machado, vice-presidente do Conselho Municipal de Saúde de Duque de Caxias; Flávia Costa, subsecretária de Atenção Básica da Secretaria Municipal de Saúde; e Alessandra Andrade, diretora do Departamento de Atenção à Saúde Mental.