Por rafael.arantes

Rio - Rodrigo Souto acabou de ajudar o Figueirense a retornar para a Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro. Como bom carioca, o volante vem acompanhando a delicada situação de Vasco (clube que defendeu de 2001 a 2004) e Fluminense na Série A e demonstra tristeza com a fase do futebol do Rio. Já com a certeza de que pelo menos uma das duas equipes da Cidade Maravilhosa será rebaixada, a torcida do atleta é para que pelo menos uma consiga se livrar da degola.

"Tenho acompanhado um pouco deste momento. Fico triste, não só pelo Vasco, mas também pelo Fluminense. Sou do Rio e isso é muito ruim para o futebol carioca. É sempre bom termos os quatro grandes na Primeira Divisão, mas já que não tem jeito fico na torcida para que pelo menos um permaneça. Se me lembro bem, nunca tivemos dois cariocas na Série B, então espero muito que um deles continue na elite", afirmou.

Rodrigo Souto se sente em casa no FigueirenseDivulgação

Enquanto acompanha a situação dos clubes de sua cidade com nervosismo, Rodrigo pode garantir a tranquilidade quando o assunto é seu clube atual. Ao ajudar o Figueirense a voltar à elite, o volante está feliz com a temporada realizada no clube que considera uma de suas casas.

"Fico muito feliz com o retorno do Figueirense, é um clube que me proporcionou muita coisa, que abriu as portas para mim. Poder estar de volta e conseguir este acesso é muito especial. Eu me sinto completamente em casa aqui, tanto pelo carinho pelos funcionários como também pelo respeito dos torcedores comigo. É uma relação muito boa, um lar para mim", disse o jogador, que ainda espera uma posição da diretoria para poder renovar seu vínculo com o Figueira.

"Meu contrato acaba agora no fim do ano, mas acredito que a diretoria vá iniciar uma conversa agora. Todos esperavam pela resolução desta situação do acesso para a Série A. Vamos esperar e torcer para conseguirmos renovar. O clube já falou que tinha interesse, então vamos esperar para uma conversa positiva para os dois lados", concluiu.

Esta é a segunda passagem de Rodrigo Souto pelo Figueirense. O volante já havia defendido o clube de Santa Catarina em 2005 e 2006.

Você pode gostar