Machismo! Torcida de tradicional clube italiano veta mulheres em primeiras filas de estádio

'Não admitimos mulheres, esposas ou namoradas', divulgou através de um folheto

Por O Dia

Torcida da Lazio promoveu ato machista
Torcida da Lazio promoveu ato machista -

Itália - Parte torcida da Lazio, tradicional clube italiano, foi protagonista de um gesto muito feio durante a primeira rodada do Campeonato Italiano. Os 'ultras' do clube proibiram que mulheres assistissem a partida contra o o Napoli nas primeiras filas de seu setor no Estádio Olímpico de Roma, num claro ato de machismo.

O ato de machismo foi informado pelos dirigentes da torcida através de um folheto: "A curva norte é um lugar sagrado para nós, um ambiente com um código não escrito que deve ser respeitado. As primeiras fileiras do fundo sempre foram vividas como se fossem uma trincheira e, dentro delas, não admitimos mulheres, esposas ou namoradas e pedimos que elas se posicionem a partir da fileira 10".

O diretor de comunicação da Lazio, Arturo Diaconale, repudiou a atitude, classificando-a de 'uma ação de iniciativa falida da minoria'. Ele afirmou que o clube é contra qualquer tipo de discriminação.

Pelo regulamento do campeonato, a Lazio pode ser multada com a perda de mandos e campo ou até perder pontos,

Últimas de Esporte